Internet

Cachorrinho de Chiquinho Scarpa dará “lições de moral” no Facebook

Após reunir mais de 1 milhão de fãs, empresário lançou a página do bichon havanês Pacheco Pafúncio Nicolau Scarpa, que anda de iate, possui guarda-roupa próprio e vai "proferir" opiniões destemidas

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Chiquinho Scarpa é dono de um dos perfis mais comentados no Facebook, rede social na qual bateu há alguns dias a marca de 1 milhão de fãs. Desde a quarta-feira (21), ele lançou uma nova página, com a qual pretende “estourar” na internet: a fanpage do cachorro Pacheco Pafúncio Nicolau Scarpa (o primeiro sobrenome é de Marlene, dona das escolas Microcamp e namorada de Scarpa há cinco anos).

Pacheco Pafúncio Nicolau Scarpa é um bichon havanês de 9 meses e no Facebook “escreve” em primeira pessoa. “Acabei de ganhar essa camiseta da minha Mamy, com suspensório igual ao do Papys”, diz uma das postagens. Além da roupa nova, o pet já apareceu na rede social ostentando passeios de iate e em uma aeronave (“Hoje o dia está meio nublado, mas Papys e eu passeamos assim mesmo”). Scarpa conta mais: “Ele frequenta festas em Angra dos Reis e foi comigo a restaurantes como Fasano e La Tambouille.”

A atuação canina na web, porém, não deve se resumir às cenas da vida boa. “Ele pretende dar lições de moral sobre tudo que está acontecendo, como eu faço na minha página”, adianta  Scarpa. Um comentário nessa linha reflexiva feito pelo “Papy”, aliás, teve grande repercussão na semana passada, a respeito do brasileiro Marco Archer Cardoso Moreira, executado na Indonésia por ter traficado drogas no país:

“Lamento pela dor da família de Marco Archer. Mas lamento ainda mais pela dor das famílias que perderam seus filhos para as drogas e lamento muito mais ainda pela dor das famílias que perderam entes queridos vítimas de crimes cometidos por usuários de drogas e por fim lamento imensamente pelos policiais que perderam a vida nos defendendo dos efeitos das drogas... Tudo alimentado por traficantes.”

Com o post, recebeu mais de 65 000 curtidas e 2 600 comentários, a maioria de apoio – mas parte o acusando de insensibilidade. “Não ligo se alguém fala mal de mim nos comentários, porque os próprios seguidores me defendem.”

Em outro post comentado (superior a 14 000 curtidas), ele é servido na piscina por um churrasqueiro, que empunha um espeto com picanha. “O calor é tanto que até o almoço é dentro da água”, escreveu. “O rapaz é copeiro da Marlene. Veio do Rio Grande do Sul e faz churrasco superbem”, explica.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Sobre Marlene, aliás, ele suspira: “O segredo de estar apaixonado há cinco anos é morar em casas separadas. A Marlene tem um quarto só pra ela na minha casa, mas é só para se trocar. Ela dorme no meu.”

Também quente está ficando o clima entre Pacheco Pafúncio Nicolau Scarpa e a também bichon havanês Marie, que mora com Marlene (ambos foram adquiridos nos Estados Unidos, “um no Sul do país e outro no Norte”). “Essa é Marie minha garota, ela não me quer, mas eu quero muito namorar com ela”, “escreveu” Pacheco.

Chiquinho põe lenha na fogueira: “Eles só se encontram aos fins de semana e é uma festa. Cada um tem seu armário particular: ele com algumas roupinhas e ela com um móvel cheio de peças lindas.”

Com tanto amor para dar, “lições de moral” na agulha e um closet suficiente para caprichar no look do dia, a página da figura animal do clã promete mesmo "estourar".

Clique aqui para seguir o cachorrinho e aqui se quiser ficar fã do “Papy”.

+ "Coxinhas" paulistanos indicam as melhores coxinhas da cidade

+ Dono do clube Astronete é atacado na internet após post "machista"

+ ÚLTIMAS NOTÍCIAS: o que acontece de mais importante em São Paulo

Fonte: VEJA SÃO PAULO