Noite

Bus Party: divirta-se sobre rodas

Ônibus rodoviário vira balada ambulante nas ruas de São Paulo

Por: Gabriela Simionato - Atualizado em

bus party
Bus Party: DJ, copeiro, refrigerante e água estão inclusos no preço do aluguel, que tem preço mínimo de R$ 1 500,00 (Foto: Divulgação)

Ficar horas dentro de um ônibus pode não ser sinônimo de caos no trânsito se você estiver dentro do Bus Party, uma nova forma de festejar, na qual os convidados passeiam pela cidade em clima de balada. O transporte é o mesmo de rodoviárias, com algumas reformas: saem os bancos, entram sofás, o teto fica mais alto, com 2,40m de altura, e surgem corrimãos para que as pessoas se segurem. 

Bus Party - interior
Bus Party: ônibus rodoviário passou por diversas reformas, entre elas a remoção dos bancos e o aumento do teto para 2,4m de altura (Foto: Divulgação)

A atração foi criada pelo estudante de administração, Maurício Somlo, 21 anos, após uma viagem aos Estados Unidos. “Estava na Califórnia e encontrei vários ‘ônibus festa’. Fiquei interessado e vi que eles eram usados para todo o tipo de comemoração, de casamento a 'esquenta' antes de shows e baladas.”

O Bus Party já funciona em São Paulo há quatro meses e atende a uma média de 20 clientes por mês. “Por conta da Lei Seca, muitas pessoas nos procuram para levá-las para a balada e buscá-las. Também já fizemos festas para empresas, open house, promoções de produtos, formatura, aniversario, baladas...”

O preço de um evento no Bus Party varia conforme o dia da semana e a duração. De segunda à quinta, o tempo mínimo é de duas horas e custa R$ 750,00 por hora. Nos fins de semana e feriados, o valor sobre para R$ 950,00 a hora, com o tempo mínimo de três horas. No valor está incluso os serviços de DJ, copeiro, água e refrigerante. Bebidas alcoólicas, sucos e petiscos são cobrados à parte. 

Bus Party - pacaembu
Bus Party: paradas estratégicas para que os convidados possam aproveitar a noite do lado de fora do ônibus (Foto: Divulgação)

Jaime Papo, estudante de administração, recentemente comemorou seu aniversário de 21 anos no ônibus. “Parece que você está nos Estados Unidos. Foi legal. A galera gostou bastante porque era uma coisa nova."

Tatiane Muneratti, 28 anos, autora do blog de moda ‘Phinérrima’, participou de uma festa de uma marca de cosméticos e achou a ideia incrível. “Tinha luz negra e DJ, fiquei impressionada." Para Luciane Zardo, do blog ‘Vende na Farmácia’, o lado ruim é a fumaça que sai do escapamento. "Às vezes incomoda bastante.”

■ Bus Party. Reservas pelo site www.busparty.com.br, ou pelo telefone (11) 6377-8128

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO