Consumo

Brinquedos mais desejados para o Natal esgotam em lojas virtuais

Alguns itens disputados pelas crianças estão indisponíveis nos principais e-commerces

Por: Larissa Faria - Atualizado em

boneca o show da luna
Boneca musical Luna, de 'O Show da Luna': entre os itens mais pedidos, já está esgotada em alguns e-commerces (Foto: Divulgação)

A poucos dias do Natal, a compra de presentes deste ano se tornou uma missão dupla: a dor de cabeça de pesquisar os preços agora é superada pela frustração de não encontrar os itens desejados disponíveis. Na maioria dos e-commerces de grandes lojas, muitos dos brinquedos mais pedidos pelas crianças estão esgotados. 

+ Os brinquedos mais desejados para o Natal

Alguns modelos recém-lançados das bonecas Baby Alive, por exemplo, encontram-se em sua maioria indisponíveis no comércio eletrônico. O mesmo ocorre com o miniavião Jett Change`Em Up, do desenho Super Wings. No e-commerce da Americanas, não há previsão de alguns dos itens (como modelos dos bonecos Avengers, a boneca musical Luna, de O Show da Luna, e o montável Lego Minecraft A Caverna) terem seus estoques renovados até o Natal.

lego a caverna
Lego Minecraft A Caverna: com temática do jogo de computador, o kit com as pecinhas já está esgotado em alguns dos grandes e-commerces (Foto: Divulgação)

Unanimidade entre os meninos, os sabres de luz da saga Star Wars são um dos poucos artigos ainda em estoque entre os mais desejados. Para as meninas, as opções disponíveis são a boneca Frozen Princesa Elsa Brilhante ou as bonecas da linha Ever After High.

Comparação de preço

A maior diversidade de formas de pagamento, o conforto de comprar sem precisar sair de casa (muitas vezes com frete grátis) e a facilidade de pesquisa de preços entre os sites podem ser impulsionadores para o esgotamento dos estoques virtuais, enquanto as prateleiras das lojas físicas permanecem com os itens à disposição, mas com valores, às vezes, menos atrativos.

As Boas Compras - Dia das Crianças 2015
Diário eletrônico Monster High: 100 reais mais caro na mesma loja (Foto: Divulgação)

Os valores dos brinquedos em geral, quando distribuídos pela própria loja, não apresentam grandes variações no e-commerce*. Porém, alguns comércios eletrônicos fazem o intermédio de venda de distribuidores, o que pode gerar variações que tornam a pesquisa de preços fundamental. É o caso do Extra, que vende o brinquedo Diário Eletrônico Monster High de seis diferentes distribuidores (214,90 reais quando vendido e entregue pela Bebê Store e 319,99 reais quando vendido e entregue pela Lojas Mel, por exemplo), o que pode fazer o mesmo produto ter diferença de mais de 100 reais.

*Valores consultados no e-commerce das lojas Americanas, Extra, Ri Happy e Walmart.

Fonte: VEJA SÃO PAULO