Comportamento

Brinquedos de outras décadas voltam a ser moda

Genius, Boca Rica e Feijãozinho são exemplos que podem ser encontrados novamente nas prateleiras

Por: Rafael Argemon - Atualizado em

Abre Brinquedos
Onda retrô impulsiona o relançamento de sucessos dos anos 1980 (Foto: Divulgação)

Fofolete, Ferrorama e War - quem tem cerca de 30 anos ou mais, lembra muito bem o sucesso que faziam nas rodas de crianças. Pois esses e outros brinquedos de décadas passadas estão de volta às prateleiras com a promessa de reviver seus dias de glória em plena era dos smartphones e tablets.

O fenômemo dos relançamentos ocorre de tempos em tempos, seja com a retomada de um produto que já não era mais comercializado ou com a repaginada de um clássico.

No último ano, o grande hit tem sido o "computador" Genius, da Estrela. O jogo retornou igualzinho depois de um tempo fora de catálogo. Já o Forte Apache vem passando por atualizações periódicas. Em 2013 os bonecos completam 50 anos junto com sua fabricante, a Gulliver. “O tema faroeste não é tão popular hoje em dia, mas os pais gostam de ver seus filhos brincando com os mesmos objetos de quando eram pequenos”, acredita Isabelle Lavin, diretora de marketing da marca.

+ Saiba como é o processo de fabricação de um brinquedo

+ Dez endereços de lojas para comprar brinquedos educativos

Abaixo, listamos alguns desses objetos que ainda fazem (ou voltaram a fazer) parte de nossa lista de presentes:

Genius

brinquedos-genius
Genius (Foto: Divulgação)

O Genius foi o primeiro jogo eletrônico lançado no Brasil, em 1980. Na época chamado de “o computador que brinca”, ele voltou às lojas com o mesmo visual que o consagrou. A Estrela chegou a resgatar antigos moldes para relançar o jogo da memória com sequencias de luzes e sons.

Preço: em média, R$ 129,90

Forte Apache

brinquedos-forte-apache
Forte Apache (Foto: Divulgação)

Com quase 50 anos de história, o Forte Apache era feito de madeira e fazia a cabeça de meninos que viam séries de faroeste na TV. Hoje o brinquedo é feito de plástico e mantém sua média de vendas. Atualmente há quatro versões, com bonecos pintados, articulados e os mais simples.

Preço: em média, entre R$ 74,90 e R$ 129,90 (a depender da versão)

Boca Rica

brinquedos-boca-rica
Boca Rica (Foto: Divulgação)

Lançado pela primeira vez em 1984, o Boca Rica é bem simples e por isso se tornou um clássico. Os jogadores recebem fichas que vão sendo inseridas no cofre. Quem conseguir abrir a porta da barriga do cofrinho, ganha tudo. A versão moderna pouco mudou em comparação à antiga, como bem mostram as imagens acima.

Preço: em média, R$ 69,90

Cai não Cai

brinquedos-cai-nao-cai
Cai Não Cai (Foto: Divulgação)

Outro jogo que não mudou quase nada desde seu primeiro modelo. Aqui, valem o equilíbrio e a agilidade para tirar as varetas sem deixar as bolinhas caírem.

Preço: em média, R$ 45,90

Feijãozinho

brinquedos-fejaozinho
Fejãozinho (Foto: Divulgação)

A Feijãozinho mudou com o tempo. Ela não é mais só uma boneca fofinha e macia. A coleção nova investe na cromoterapia para acalmar as crianças e ajudá-las a dormir melhor. Atualmente são dois modelos: Feijãozinho com ovelhinha e Feijãozinho com ursinho.

Preço: em média, R$ 39,90

Pula Pirata

brinquedos-pula-pirata
Pula Pirata (Foto: Divulgação)

O novo Pula Pirata, que completou 30 anos em 2011, possui, além das tradicionais espadas para espetar no barril do pirata, uma versão em realidade aumentada, em que a criança pode jogá-lo em imagem projetada em qualquer superfície. Não deixa de ser divertido ver o personagem saltar quando é atingido pela espada certa.

Preço: em média, R$ 59,90

Susi

brinquedos-susi
Susi (Foto: Divulgação)

Grande concorrente da Barbie, a Susi se reinventou. Atualmente, a boneca que é chamada de Susi Wireless (na extrema esquerda ao lado das versões de 1977 e 1966) traz um mini laptop (de brinquedo) e um cartão QR code, que dá acesso ao closet virtual dela. Com o recurso, as meninas podem criar diversos looks e postar os resultados nas redes sociais.

Preço: em média, R$ 59,90

Ferrorama

brinquedos-feroorama
Ferrorama (Foto: Divulgação)

Outro verdadeiro clássico, o Ferrorama possui hoje dois modelos: o XP, controlado por alavanca, e o novo, controlado por infravermelho.

Preço: em média, R$ 199,90

Detetive

brinquedos-detetive
Detetive (Foto: Divulgação)

Sra. Rosa, Coronel Mostarda, Dona Branca, Sr. Marinho, Dona Violeta... O jogo que levou as brincadeiras de detetive aos tabuleiros entrou no mercado em 1974 e ainda segue com a pergunta que não quer calar: quem matou o milionário Carlos Fortuna?

Preço: em média, R$ 69,90

Banco Imobiliário

brinquedos-banco-imobiliario
Banco Imobiliário (Foto: Divulgação)

Quem nunca acumulou pilhas daquele dinheiro de mentira colorido? Pois o jogo está desde 1944 na linha da Estrela e não apresenta sinais de desgaste.

Preço: em média, R$ 89,90

Combate

brinquedos-combate
Combate (Foto: Divulgação)

Muita gente lembra de cor a ordem das patentes do Exército por conta desse jogo. Um tipo de batalha naval mais agitada, o tabuleiro contém um exército de cada lado que avança contra o inimigo. Ganha a peça que tiver a maior patente. As minas, entretanto, deixam a partida imprevisível.

Preço: em média, R$ 39,90

Lig4

brinquedos-lig-4o
Lig4 (Foto: Divulgação)

Antigamente as fichinhas do Lig4 eram vermelhas e pretas. Hoje são brancas e pretas, mas tirando isso, nada mudou nesse brinquedo de estratégia que é um tipo de jogo da velha mais elaborado. Vence quem juntar quatro peças da mesma cor.

Preço: em média, R$ 39,90

Confira mais versões de brinquedos clássicos:

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

 

ONDE COMPRAR

PBKids - Higienópolis, Jardins, Shopping Jardim Sul, São Bernardo do Campo, Shopping Butantã, Shopping Anália Franco, Morumbi Shopping, Shopping Eldorado, Santana Parque Shopping, Shopping Plaza Sul, Shopping Ibirapuera , Shopping Cidade Jardim , Shopping Metrô Boulevard Tatuapé e Shopping Metrô Santa Cruz.

Ri Happy - Domingos de Moraes, Moema, Raposo Shopping, Shopping Interlagos, Morumbi, Augusta, Shopping D, Continental Shopping, Pinheiros, Shopping Iguatemi, Itaim Bibi, Shopping Light, Shopping SP Market, Shopping Villa-Lobos, Central Plaza Shopping, Shopping Market Place, Shopping Center Penha, Shopping Pátio Higienópolis, Shopping Metrô Tatuapé

Coleciona Brinquedos

ACME Brinquedos

Playtoy

Fonte: VEJA SÃO PAULO