Crianças

Cinco brechós com roupas e objetos para a garotada

É possível encontrar peças praticamente novas por preços menores

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

Brechó infantil Bolota
Vestidos infantis custam entre R$ 13,00 e R$ 36,00 no brechó Bolota (Foto: Divulgação)

Engana-se quem pensa que o mundo dos brechós não serve para as crianças. As lojas de usados infantis são, inclusive, uma solução para um velho dilema de pais e mães. A roupa pode ser linda e de ótima qualidade, mas não dura praticamente nada porque os filhos crescem rapidamente.

A variedade de peças é grande: encontram-se sapatos, carrinhos de bebê, cadeirinhas e brinquedos, além dos produtos para vestimenta. A vantagem é que os preços são menores e a maioria das peças, praticamente nova.

+ Cidade das Crianças: um blog de pais para pais

Outro bom negócio é a possibilidade de vender o que a garotada já não usa mais. Em geral, basta ligar e agendar um horário para avaliação. Descubra abaixo cinco opções de brechós infantis:

Xereta

As araras são categorizadas por idade, que vai de recém-nascidos a 16 anos. As peças se encontram em bom estado e algumas são quase novas. Os preços são atrativos também. Blusas para crianças de um ano custam entre R$ 10,00 e R$ 20,00 e vestidos saem por valores entre R$ 17,00 a R$ 29,00. Os macacões de recém-nascidos vão de R$ 10,00 a R$ 15,00. Há ainda uma prateleira de brinquedos e uma de calçados.

Bolota

O brechó oferece roupas e brinquedos para recém-nascidos e crianças de até 14 anos, embora a maior parte das roupas seja para menores de seis anos.

Os preços variam de acordo com a marca e o estado da roupa. Um casaco da Gap para uma menina de 4 anos custa R$ 40,00, por exemplo. Um de lã de marca desconhecida sai pela metade do preço. Vestidos femininos ficam entre R$ 13,00 e R$ 36,00. A loja também oferece moda masculina: camisetas para meninos de até 14 anos custam entre R$ 10,00 e R$ 20,00. Além disso, tem calçados e brinquedos.

Brechó Infantil - Guia dos brechós
Brinquedos e acessórios estão entre as opções dos endereços (Foto: Taís Hirata)

Era uma vez outra vez

Tudo é dividido pelo tamanho da roupa. Entre cerca de 50 000 peças, quem procura com calma encontra ótimos preços. Camisetas para crianças de 3 anos saem em média por R$ 10,00 – algumas custam R$ 6,00. Os sapatinhos começam em R$ 12,00. No segundo andar, há uma sala de brinquedos com diversas opções e carrinhos de bebê, entre R$ 130,00 e R$ 399,00. Uma boa particularidade é uma arara de fantasias, que ficam na faixa de R$ 12,00 a R$ 20,00.

Pistache

A loja é bem organizada e possui itens de marca, na maioria. Mães que montam um enxoval são as clientes mais assíduas. Os preços são maiores do que os de outros brechós, mas ainda assim uma pechincha perto dos valores originais. Camisetas masculinas custam aproximadamente R$ 30,00; bermudas ficam em torno de R$ 35,00. Uma boa pedida: conjuntos de camiseta e shortinho saem por R$ 26,00 cada um. Oferece ainda muitas opções para recém-nascidos, como macacões por R$ 10,00.

Repeteco

Logo ao entrar, sente-se um cheirinho de bebê. “É uma fragrância desenvolvida para evitar aquela sensação desagradável que algumas clientes têm quando pensam em roupas usadas”, explica Elizabeth Casaes, 42 anos, dona do endereço. Ela define seu brechó, localizado no segundo andar da loja que leva o mesmo nome, como um local diferenciado, onde as mães podem encontrar marcas e grifes a preços mais acessíveis.

Brechó infantil Repeteco
Com prioridade para roupas de marca, o brechó Repeteco oferece um dos melhores custo-benefício (Foto: Divulgação)

A qualidade das peças impressiona. Camisetas para meninos saem por cerca de R$ 10,00. Vestidos de festa custam no máximo R$ 39,00.

Fonte: VEJA SÃO PAULO