Video-game

Brasil Game Show terá mais de 100 pré-lançamentos

Na 9ª edição, maior feira de jogos eletrônicos da América Latina espera atrair 300 000 pessoas

Por: Mariana Ros‡rio

22171559808_5318cb939b_o
O público na edição de 2015: 100 novidades poderão ser testadas em primeira mão (Foto: Divulgação)

Primeiro videogame doméstico comercializado no mercado, produzido há mais de quarenta anos, o Magnavox Odyssey permitia aos jogadores pouco mais do que mexer pequenos quadrados luminosos na tela da TV. De 1972 para cá, o setor de jogos eletrônicos passou por uma revolução e movimenta hoje cerca de 1,5 bilhão de dólares por ano no país. Algumas das principais novidades do momento serão expostas de sexta (2) a segunda (5) na 9ª edição da Brasil Game Show, a maior feira do segmento da América Latina.

+ Começa nesta sexta (26) a 11ª Feira Guia do Estudante

Com investimento estimado em 10 milhões de reais, o evento deve reunir mais de 300 000 pessoas durante quatro dias. Cerca de 200 empresas terão estandes espalhados por uma área de 70 000 metros quadrados no São Paulo Expo, na Rodovia dos Imigrantes. O espaço foi reinaugurado em abril deste ano após reforma. 

O grande atrativo do encontro são os 100 jogos ainda não lançados por aqui que estarão disponíveis para test-drive. O número de pré-estreias é 25% maior que o da edição passada. Versões recém-saídas do forno de títulos como Fifa, Resident Evil, Call of Duty e PES devem atrair mais interessados. “Antecipamos a data da feira, normalmente realizada em outubro, para oferecer uma quantidade maior de novidades”, diz o criador do negócio, Marcelo Tavares. Como as empresas não vendem os jogos em primeira mão, o público poderá apenas adquirir versões mais antigas em estandes da Saraiva e das Lojas Americanas.

Brasil Game Show - Assassin’s Creed
Cosplay de personagem de Assassin’s Creed: os fantasiados terão regalias (Foto: Mário Bock)

Para os saudosistas, um minimuseu trará 100 consoles do passado. Há diversão até para quem não é adepto de games. Já se tornou comum encontrar os corredores da feira cheios de fãs vestidos como personagens de jogos. Neste ano, o concurso de cosplay será realizado em uma área específica, e os fantasiados ganham o privilégio de não pegar fila para visitar os estandes. Os torneios de games também receberam um upgrade. Em 2015, só Dota 2 foi disputado em telões. Agora, embates de Counter Strike e Clash Royale serão transmitidos com narrador.

+ Bienal do Livro 2016 começa na sexta (26) com mais de 50 lançamentos

A japonesa Nintendo, responsável pelo fenômeno Pokémon e outros sucessos, como Super Mario Bros, estará ausente. A marca não aparece na Brasil Game Show desde 2012. Suas principais concorrentes, Sony e Microsoft, que produzem o Playstation e o Xbox, respectivamente, marcarão presença. Outras distribuidoras são figurinhas carimbadas, como a francesa Ubisoft. Ela deve mostrar cinco games novos e promover um concurso de dança de Just Dance. O vencedor ganha uma viagem a Paris, com as despesas pagas, para competir em um torneio mundial. No estande da NVidia, a brincadeira será escalar o Monte Everest em um simulador.

VSP QUADRO GAMES
(Foto: Veja São Paulo)

São Paulo Expo. De 1º a 5 de setembro. Sex. a seg., 13h às 21h. R$ 158,00 (diária) a R$ 399,00 (passaporte premium para todos os dias). Os ingressos de sábado (3) estão esgotados. Se levar 1 quilo de alimento não perecível, o visitante paga meia.

Fonte: VEJA SÃO PAULO