Acidente

Mulher empurrada nos trilhos deve passar por nova cirurgia nesta sexta

Maria da Conceição de Oliveira teve o braço direito amputado; mãe quer encontrar suspeito de empurrar a filha 

Por: Luan Flavio Freires - Atualizado em

A auxiliar administrativa Maria da Conceição de Oliveira, de 27 anos, deve passar por uma nova cirurgia na Santa Casa nesta sexta-feira (28) para corrigir um problema na coluna. Na manhã de terça (25), ela teve o braço direito amputado após cair nos trilhos do metrô na estação da Sé, no centro.

+ Suspeito de empurrar mulher nos trilhos do metrô é preso

A dona de casa Maria das Neves Oliveira, de 47 anos, afirma que a filha está bem. “Mãe percebe essas coisas.” Segundo ela, Maria da Conceição continua consciente, conversando. “Minha filha passará hoje por uma transfusão de sangue.”

+ Mulher empurrada nos trilhos não usava o metrô, diz irmão

De acordo com a mãe, a auxiliar administrativa costuma falar muito da amputação e também de parte do cabelo raspado por causa de um ferimento na cabeça. “Ela fica repetindo que perdeu o braço. Eu lembro que o importante é estar viva.”

Metro Sé- acidente
Imagem mostra o suspeito e Maria da Conceição de Oliveira momentos antes da vítima cair na linha do metrô (Foto: Reprodução)

Maria das Neves espera que o suspeito de empurrar a filha seja encontrado pela polícia. “Eu quero olhar nos olhos dele. Vou ter essa força. Eu quero entender por que ele fez isso.”

Na noite de quarta (27), o irmão da vítima, Bruno Oliveira, descreveu o acidente como uma "fatalidade". Ele afirmou que a família vai buscar o responsável pelo ocorrido “até o fim”. “Os médicos tentaram reimplantar o braço, mas não foi possível, por isso ela está tomando morfina para aguentar a dor.”

Testemunhas disseram que Maria da Conceição foi empurrada por um homem que aparentava ter distúrbios mentais. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Polícia do Metropolitano (Delpom). Imagens das câmeras de segurança vão ajudar a identificar o suspeito.

Fonte: VEJA SÃO PAULO