Medida

Programa para economizar água é ampliado pelo governo

O benefício vai atingir 31 municípios a partir desta terça (1º)

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

cantareira reservatorio jaguari jacarei
Reservatório Jaguari-Jacareí: só com 14% da capacidade (Foto: Mário Rodrigues)

O programa de bônus na conta para quem economizar água passará a beneficiar 31 municípios da Grande São Paulo a partir desta terça-feira (1º). A ampliação do programa, que antes atendia apenas os imóveis abastecidos pelo Sistema Cantareira, foi anunciada pelo governador Geraldo Alckmin na manhã desta segunda-feira (31).

+ Seca e falha de gestão causam crise de água em São Paulo

Com a ampliação, a medida pode beneficiar cerca de 17 milhões de consumidores. Na região metropolitana, o Sistema Cantareira atende 8,45 milhões de clientes.

"Em razão da maior estiagem dos últimos 84 anos, estamos estendendo o bônus a todos os municípios operados pela Sabesp na região metropolitana de São Paulo. Economizou 20%, ganha um bônus de mais 30%", afirmou Alckmin.

Do início dos anos 70 até hoje, a população da capital dobrou e o uso de água aumentou na mesma proporção (atualmente, o consumo per capita é de 140 litros diários). A partir de 2004, o Palácio dos Bandeirantes recebeu pelo menos quatro alertas sobre a fragilidade da política hídrica, sendo que o mais recente deles, de 2013, partiu de um estudo encomendado pelo próprio governo estadual. Em resposta, a Sabesp aumentou em 50% a capacidade de tratamento de água do Alto Tietê numa obra realizada em 2009. 

Entre 2008 e 2014, a empresa também conseguiu reduzir de 33% para 25% o índice de perdas por vazamentos, provocados por falhas de infraestrutura, como canos velhos e malconservados. A reação das autoridades diante do problema, no entanto, mostrou-se insuficiente para proteger a cidade.

Fonte: VEJA SÃO PAULO