Para descansar e saborear

Vinte bons restaurantes próximos a parques

Selecionamos cinco áreas verdes e quatro endereços perto de cada uma delas

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Nico Pasta & Basta
No Ipiranga: o Nico Pasta & Basta fica perto do Parque da Independência (Foto: Fernando Moraes)

Seja para caminhar, descansar ou curtir alguma atração, o paulistano adora passar os dias livres nos diversos parques da cidade, especialmente no verão. Para deixar seu passeio ainda melhor, elaboramos uma lista com bons restaurantes próximos a grandes áreas verdes. Após uma tarde tranquila, saboreie uma refeição preparada no capricho:

Parque da Aclimação

- Anna Prem

Anna Prem
(Foto: Divulgação)

Dispõe no bufê sempre uma boa variedade de saladas e de pratos quentes. Às terças, têm vez o espaguete ao molho pesto e a polenta ao sugo com queijo. Para os sábados, reserva feijoada de proteína de soja, risoto de quinoa, grão-de-bico e mandioca assada.

- Lua Palace

O restaurante coreano faz receitas carregadas de pimenta. A mais famosa delas é o churrasco de contrafilé, apresentado em chapa aquecida e que serve duas pessoas. Para não grudar, as fatias finas de carne recebem um pouco de manteiga e tempero de gergelim.

- Pizzaria CarrieriA pizzaria oferece boas coberturas sobre massa média. As sugestões variam de uma clássica margherita coberta por folhas de manjericão fresco à redonda zucchine, que leva abobrinha fatiada, cream cheese, parmesão e tomate seco para enfeitar.

- Cho Sun Ok

Outra casa coreana na região da Aclimação, o Chu Sun Ok também capricha na pimenta em suas receitas. Das opções cozidas, a carne de porco vem regada com molho picante.

Parque do Ibirapuera

- La Grassa

La Grassa
(Foto: Fernando Moraes)

Pequeno e certeiro, o cardápio contempla pap pardelle ao ragu de ossobuco e ravióli de abóbora na manteiga com sálvia e avelã torrada.

- Figo

O charmoso restaurante faz fraldinha cozida em cerveja preta acompanhada de cará refogado.

- Bistrô VintageNo piso superior de uma loja de vinhos, a casa apresenta receitas do chef Duh Cabral. O cardápio sintético traz carré de cordeiro escoltado por coração de alcachofra assado.

- Prêt no MAMNada rotineiras, as receitas surpreendem pela variedade e pela qualidade. Num dia, é possível encontrar o badejo caramelado com macadâmia; noutro, o envelope de filé-mignon recheado de queijo brie ao molho de vinho do Porto.

Parque Villa-Lobos

- Per Paolo

Per Paolo In Casa - Comidinhas
Ravióli de costela: boa combinação com o molho de tomate (Foto: Fernando Moraes)

Entre as opções do restaurante estão as saborosas versões de costela e de queijo mascarpone com aspargo. A seleção de molhos inclui o sugo acrescido de manjericão e o de queijos emmental, gorgonzola, parmesão e provolone.

- Kozaka

Rodízio oriental inclui sushis de diversos tipos, cinco fatias de sashimi, cogumelo shimeji na manteiga, anchova grelhada, yakissoba e sopinha.

- Compagnia Marinara

Com frutos do mar, risotos e peixes diversos, a casa funciona em São Paulo há 20 anos. A lula recheada de camarão e cogumelo shiitake guarnecida de arroz de brócolis é um dos destaques.

- OutbackSucesso desde a abertura, a rede americana se destaca pela qualidade dos grelhados. A moçada que ocupa as mesas pede cortes definidos como “australianos”. Entre as novidades está o herb crusted filet, composto de três fatias de filé-mignon ao tempero de ervas mais molho de vinho cabernet sauvignon. De guarnição, a sugestão é o purê de batatas ao alho.

Parque da Independência

- Los Molinos

Los Molinos
Pedida espanhola: Los Molinos faz paella marinheira para dois paladares (Foto: Mario Rodrigues)

Comece pelo caprichado polvo ao vinagrete ou pelo vôngole no molho de tomate. A paella marinheira agrega apenas frutos do mar no arroz cozido com açafrão, para duas pessoas.

- Nico Pasta & Basta

O bacalhau à fiorentina com molho de tomate e grão-de-bico e o nhoque guarnecido com ragu de costela bovina são as principais atrações da casa de culinária italiana.

- Sala VIP – Ipiranga

Trata-se de uma grande pizzaria com projeto assinado por Roberto Migotto. Do forno, saem saborosos discos de massa fina. Uma das coberturas é a Provence, que leva lâminas de abobrinha revestidas de parmesão, ervas, queijo cremoso e azeitona preta.

- Cantina do Magrão

O restaurante se destaca pelas refeições para duas pessoas. Recomenda-se o talharim à Mastroianni, puxado no azeite com alho, sálvia e alcachofra. Em porção individual, há o polpettone recheado de mussarela ao sugo.

Parque Buenos Aires

- Bráz

Bráz
Na Bráz: a pizza barra speciale (Foto: Ligia Skowronski)

Pizzaria assa discos de média espessura. Uma deliciosa cobertura é a barra speciale, que harmoniza mussarela manchada por pedaços de burrata (mussarela de búfala especialmente cremosa), tomate e azeitona preta.

- La Brasserie Erick Jacquin

No menu do chef Erick Jacquin, o foie gras aparece passado na chapa e guarnecido de pera caramelada. Entre os pratos principais, há o delicioso peito de pato temperado com especiarias acompanhado de banana-ouro.

- Sushi PapaiaDe frente para o agito da Praça Vilaboim, tem mesas distribuídas por dois pavimentos. No térreo, é possível acompanhar os sushimen em ação. Entre as opções de sashimi, a mista de 24 fatias pode incluir atum, olho-de-boi e robalo. Em pares, há niguirizushi de enguia, camarão e ouriço. Das opções quentes, fique com o teppan-yaki de anchova.

- Carlota

Dois graciosos sobrados geminados abrigam o salão. O público aparece para provar os pratos da dona e chef Carla Pernambuco. Das sugestões principais, faz bonito o arroz vermelho caldoso à espanhola rico em lula, polvo e lagosta.

Fonte: VEJA SÃO PAULO