Especial

Restaurantes bacanas oferecem drinques e petiscos na happy hour

Confira oito boas opções para terminar o dia com estilo

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

Trio de hamburgúeres - 210 Diner
210 Diner: o trio de mini burguers (Foto: Divulgação)

Imagine fazer uma happy hour regada a champanhe francês e canapés de salmão defumado. Pensando no público que aproveita o fim de tarde para tomar um drinque e petiscar com os amigos, alguns restaurantes passaram a abrir mais cedo e incluíram aperitivos no cardápio.

Confira endereços bacanas para terminar o dia com estilo:

FIQUE LIGADO: os preços e produtos estão sujeitos a mudanças.

Don Curro: oferece uma seleção de tapas para deixar a happy hour com jeitão espanhol. Novidades no cardápido, as tapas de mariscos ao vinagrete (R$ 54,00 porção), salpicão de polvo (R$ 70,00 porção) e salpicão de lagosta (R$ 108,00 porção) são algumas das opções. Para acompanhar, o restaurante, que fica aberta sem intervalo, lista cervejas como Bohemia e Serra Malte (R$ 12,80).

210 Diner: a casa abre às 18h para servir aperitivos em tamanho míni como os hambúrgueres com queijos ou bacon (R$ 27,00 a porção com três). Há ainda trio de sanduíche de rosbife artesanal  (R$ 29,00) e dupla de bagels recheados de salmão defumado, cream cheese e mostarda mais salada de ovos (R$ 31,00). Para embalar o fim de tarde, chope (trigo, R$ 6,90; pilsen, R$ 7,60), drinques e destilados são em dobro. 

Baby Beef Rubaiyat - Itaim Bibi: em dias de semana, a partir das 17h30, a happy hour recebe um cardápio especial de petiscos frios e quentes elaborado pelo chef espanhol Carlos Valentí. Entre as receitas frias, estão as tostas de pata negra com tomate (R$ 22), o tartar de tomate com bacalhau e azeitonas (R$ 18) e o ceviche com vieiras (R$ 20). Já nos pratos quentes, bolinhos de bacalhau (R$ 16), aspargos ao forno (R$ 18) e cogumelos salteados (R$ 15). Até às 20h, ao pedir um drinque, o segundo é cortesia.

Tapas - Don Curro
Don Curro: petiscos de jeitão espanhol (Foto: Divulgação)

Caroline: em plena Rua Oscar Freire, dispõe mesinhas na calçada como em um bistrô. Funciona todos os dias sem pausa e, para descontrair depois do expediente, propõem porções como lula à dorê (R$ 34,90), canapés de salmão (R$ 22,90) ou simples pastéis (R$ 18,90, oito unidades). Mais consistente, a quiche de alho-poró e queijo é outra boa opção (R$ 18,00). Para bebericar, Heineken e Stella Artois (R$ 7,50 long neck).

EAT... Empório Restaurante: o espaço na Vila Olímpia propõe chope Paulistânia (R$ 7,80) em dobro às quartas. Montado também de quarta a sexta, das 18h às 21h, o bufê de petiscos variados custa R$ 27,00 por cabeça e lista opções como frios, azeitonas, tomate seco ou marinado, queijos, patês, carne-seca, costelinha de porco assada, pães e focaccias.

Emiliano: as moças que preferem um bom espumante ao tradicional chope gelado podem encerrar as noites de quarta no restaurante do hotel-butique. Uma aula sobre champanhe é ministrada a cada encontro por um especialista na bebida — tudo isso exclusivo para elas. Servidas a partir das 17h, as taças (R$ 60,00 cada uma) podem ser harmonizadas com canapés de salmão defumado, atum marinado e tartare de filé-mignon. A cada duas doses, o petisco é cortesia.

Bufê de petiscos do Eat
EAT... Empório Restaurante: bufê de petiscos (Foto: Divulgação)

Gusto 24h: as porções de croquete de batata (R$ 24,00) e bruschetta ao pomodoro caprino (R$ 27,00) embalam a happy hour do restaurante. Se a fome for maior, escolha um entre os cinco paninis disponíveis do menu, como o de presunto parma no pão ciabatta, com rúcula e lascas de parmesão (R$ 28,00).  Heineken é a cerveja da casa, chope tirado na hora (R$ 6,90) ou long neck (R$ 7,00).

Mocotó: de ambiente simples e cardápio nordestino, o restaurante da Zona Norte recebeu pela quarta vez o título de melhor bom e barato pelo especial “Comer Beber”. De segunda a sexta, o chef Rodrigo Oliveira prepara petiscos de inspiração brasileira _todo dia um petisco diferente, servidos após as 18h. Quinta-feira, por exemplo, é dia de bolinho de feijão branco e linguiça (R$ 18,90, sete unidades). Já na sexta, pelo mesmo valor, aparecem os pastelzinhos de carne-de-sol. O cardápio de cervejas é extenso, com opções populares como a Original (R$ 8,90) e clássicas como Terezópolis Gold (R$ 14,90).

Ramona
Ramona: steak tartare rico em condimentos na companhia de fritas (Foto: Mario Rodrigues)

Ramona: dos mesmos donos do bar-balada Alberta #3, do qual é vizinho, oferece bons aperitivos em ambiente descolado. Uma das atrações do cardápio, o steak tartare acompanhado de fritas e salada verde custa R$ 37,00. Passou a funcionar das 12h à 0h, às segundas e terças; até as 2h, de quarta a sexta; e das 13h às 2h, aos sábados. De segunda a sexta, das 15h às 21h, propõe uma happy hour com mojito e caipirinhas em dobro.

Fonte: VEJA SÃO PAULO