Violência

Boatos de toque de recolher fecham comércio na Zona Norte

Polícia investiga mensagens que circularam pelo celular; um ônibus foi incediado na Avenida Zachi Narchi

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Ônibus incendiado Zona Norte
Ônibus é incendiado na Avenida Zaki Narchi, na Zona Norte, após boatos de toque de recolher na região (Foto: Reginaldo Castro / Folhapress)

Comerciantes de diversos bairros da Zona Norte fecharam suas lojas mais cedo na tarde desta terça (25) após boatos de toque de recolher circularem pelo Whatsapp, aplicativo de troca de mensagem instântea. De acordo com informações extra-oficiais, a ordem teria partido da organização criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) em represália à morte de um traficante no domingo (23). 

A Secretaria de Segurança Pública informou que ainda apura os detalhes do episódio. As lojas fechadas são de bairros como Parque Edu Chaves, Vila Medeiros, Vila Sabrina e Vila Guilherme.  Nas redes sociais, moradores da Zona Norte protestaram.

"É inadmissível mudar a sua rota, seus compromissos, suas reuniões porque um infeliz maldito morreu.... Inadmissível ter medo de toque de recolher em pleno 2014... Infelizmente, todos para casa voando e o ‪caos instalado", desabafou uma moradora da Casa Verde.

Na Avenida Zachi Narchi, na esquina com a Avenida Cruzeiro do Sul, um ônibus foi incendiado à tarde. Ninguém ficou ferido. A polícia investiga se o ataque foi criminoso. A SPTrans informa que, por causa do atentado, foi preciso desviar dez linhas que circulam pelo bairro de Santana.

Havia rumores de que o Terminal Vila Nova Cachoerinha teria sido bloqueado para uso, no entanto a empresa que administra os coletivos na cidade informou que o terminal está funcionando normalmente.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO