Bares

Blue Velvet precisa fazer alguns ajustes

Superlotação, escassez de itens do cardápio e ambiente quente foram contratempos

Por: Helena Galante

Blue Velvet
O salão do Blue Velvet: ar-condicionado não deu conta do calor (Foto: Divulgação)

Para continuar a corresponder às expectativas dos leitores de VEJA SÃO PAULO — que o elegeram o melhor lugar para comemorar aniversário através de uma pesquisa inédita publicada na edição especial “Comer & Beber” —, o Blue Velvet precisa fazer alguns ajustes.

+ Comer & Beber 2011-2012: conheça os vencedores

+ VEJA SÃO PAULO Comer & Beber no iPad

No último dia 11, fui a uma festa lá e percebi de cara que a casa havia recebido mais gente do que deveria. A reserva de mesa foi desrespeitada, a superlotação prejudicou a circulação de clientes e garçons, o ar-condicionado não deu conta do calor e logo no início da noite não havia mais alguns itens do cardápio, como as cervejas Bohemia e Stella Artois. Felizmente, mesmo com a confusão, o pessoal do balcão conseguiu se desdobrar para atender à demanda: um dos drinques mais pedidos, o mojito (rum, água com gás, suco de limão e folhas de hortelã; R$ 18,00), estava benfeito.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO