Carnaval

Bangalafumenga e Sargento Pimenta são "despejados" pela segunda vez

A três dias dos desfiles, os blocos receberam a informação de que não poderão sair de Santana, na Zona Norte

Por: Sérgio Quintella - Atualizado em

Sargento Pimenta
Bloco do Sargento Pimenta (Foto: )

Obrigados a deixar a Vila Madalena após grande acúmulo de pessoas no bairro depois dos desfiles, em 2015, os blocos Bangalafumenga e Sargento Pimenta - dois dos maiores cordões de São Paulo - até conseguiram encontrar um local que acomodasse o público (estimado em mais de 100 000 pessoas), mas, a três dias de irem para a rua, descobriram que não poderiam sair da Avenida Santos Dumont, em Santana, Zona Norte da capital, como chegou a ser anunciado.

+ Os melhores nomes de bloquinhos do Carnaval paulistano 2016

Por pressão da Liga das Escolas de Samba de São Paulo, que vai usar as avenidas no entorno do Sambódromo para levar os carros e alegorias nos dias 30, sábado (data agendada para o Banga e o Sargento saírem), e 31, domingo, a Secretaria Municipal de Cultura se viu forçada a tirar os blocos do pedaço. "Achamos melhor mudar o lugar para evitar disputas entre as partes", afirma o secretário Nabil Bonduki.

banga
Bloco Bangalafumenga (Foto: Veja São Paulo)

Paulo Sérgio Ferreira, presidente da entidade que reúne as agremiações que desfilarão no Anhembi, nega pressão, mas critica a falta de comunicação."A liga é a favor dos blocos, mas nossa logística foi montada há quatro meses. Nos dias 30 e 31, são esperadas mais de 120 000 pessoas no Sambódromo. Esses testes são fundamentais para o bom andamento do nosso Carnaval", explica.

+ O treino e o investimento de Sabrina Sato para o Carnaval 2016

 

Agora, o local de concentração dos blocos será na Avenida Tiradentes, no sentido Zona Norte, em frente ao Museu de Arte Sacra, próximo à estação Tiradentes do metrô. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO