Internet

Bitcoin: moeda virtual é aceita em lojas da capital

Pelo menos quatro estabelecimentos já negociam com o câmbio alternativo

Por: Maurício Xavier [com reportagem de Leonam Bernardo] - Atualizado em

Bitcoin
Bitcoin: aceita em loja de calcinhas e bicicletaria (Foto: Divulgação)

Criada em 2009, a moeda virtual bitcoin serviu, a princípio, para intermediar transações comerciais pela internet, principalmente compras de softwares e games. Hoje, no entanto, é possível usá-la também em lugares físicos. Na capital, ela é aceita em pelo menos quatro estabelecimentos como opção para adquirir produtos e serviços, de calcinhas a bicicletas (veja exemplos abaixo).

+ Vote: qual é a melhor coxinha de São Paulo?

O câmbio varia de acordo com a oferta e a procura na rede — hoje um bitcoin vale cerca de 1.500 reais. Para comprar ou vender, o usuário deve se cadastrar em uma das várias empresas que centralizam as negociações. "Apesar de prática, a opção por essa forma de pagamento ainda é baixa", diz o empresário Eduardo Oliveira, dono da Ultrafitness, no Jabaquara, que adotou a moeda em janeiro. "Realizamos cerca de dez transações até agora." 

 

  • Las Magrelas: bar e bicicletaria em Pinheiros
  • Ultrafitness: loja de artigos de academia no Jabaquara
  • Modern Lovers: estúdio de design em Pinheiros
  • Pallas Moda Feminina: loja de lingerie em Santana

Fonte: VEJA SÃO PAULO