CULTURA

Fundador do grupo AfroReggae lança biografia

José Junior conta desde a criação da ONG até a relação com criminosos do tráfico de drogas

Por: Larissa Faria - Atualizado em

José Júnior
José Júnior fala de temas delicado, de tentativas de suicídio a ameaças de morte (Foto: Mario Rodrigues)

O jornalista Luis Erlanger lança nesta terça (15), na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, a biografia No Fio da Navalha (Editora Record, 280 páginas), do fundador da ONG carioca AfroReggae, José Pereira de Oliveira Junior. A partir das 19h, autor e biografado recebem o público e autografam os exemplares.

+ Conar suspende propaganda do Mercado Livre

Com as mais de 24 horas de entrevistas gravadas para a produção da biografia - que devem ser transformadas posteriormente num documentário -, Erlanger conta a vida de José Junior, 47, e da ONG carioca AfroReggae, que traz jovens de comunidades para as reuniões culturais do grupo, afastando-os do tráfico de drogas. As denúncias de criminosos resultaram em conflitos como os atentados e incêndio ao escritório da ONG, em 2013.

no fio da navalha livro
No fio da Navalha: Luis Erlanger retrata a história da ONG AfroReggae e de seu fundador, José Junior (Foto: Divulgação)

Nas quase 300 páginas do livro, além da história do AfroReggae, é retratada também a vida pessoal de Junior, que fala em detalhes sobre sua infância, sua família e acontecimentos delicados, como diversas tentativas de suicídio e constantes ameaças de morte recebidas. A obra é a segunda escrita por Erlanger, que também é autor da ficção Antes Que eu Morra, lançada em 2014.

Fonte: VEJA SÃO PAULO