Bichos

Babá de pets atende a domicílio

A veterinária Andressa Gontijo cuida de qualquer tipo de animal e explica qual demanda é maior

Por: Nathalia Zaccaro - Atualizado em

Andressa Gontijo
As visitas da pet sitter custam 50 reais, para qualquer espécie (Foto: Fernando Moraes)

Desde 2010, a veterinária Andressa Gontijo, proprietária da My Pet’s Nanny, dedica-se a cuidar das mascotes de outras pessoas. Mas não imagine que ela passa o dia   entre gatos e cachorros. “A demanda por babás de animais diferentes não para de crescer”, explica ela, que atende qualquer pet   exótico ou silvestre (na foto, Andressa aparece entre uma calopsita, um porquinho-da-índia e um coelho). “Os mais comuns são   aves e roedores”, completa. As visitas da pet sitter custam  50 reais, para qualquer  espécie.

Quer me adotar?

Lili - adoção
Lili quer um novo lar (Foto: Divulgação)

Com pelos pretos e belos olhos amarelos, Lili (foto) está entre os 400 candidatos à adoção da ONG Adote um Gatinho. Com quase dois anos de idade, ela tem um jeitinho carente e brincalhão. Em abril de 2012, foi encontrada por uma das voluntárias da entidade no fundo de uma churrasqueira e, desde então, tornou-se a queridinha da turma. Lili já está castrada e vermifugada. Para levar a felina para casa basta acessar o site www.adoteumgatinho.org.br e  preencher o formulário de adoção.

+ Saiba mais notícias sobre animais aqui

Dica do especialista: bebedouros de água com açúcar podem fazer mal aos beija-flores?

Bebedouros com açúcar
(Foto: Leo Feltran)

“Sim, essa mistura fermenta facilmente e acaba causando a proliferação de fungos no organismo desses pássaros, que podem até  morrer por isso”, alerta a veterinária Erika Hayashi, da clínica Consultório das Aves. Quem quiser atraí-los pode oferecer néctar  artificial (em lojas especializadas o produto custa entre 15 e 30 reais) diluído em água, que deve ser sempre filtrada. “Se o líquido  vier direto da torneira, vai prejudicar a saúde dos bichinhos por causa da alta concentração de cloro”, explica Erika.

Fonte: VEJA SÃO PAULO