Bichos

Adotada, a cadelinha Carlota Joaquina é o mimo da casa

Você também pode compartilhar uma história com seu bicho de estimação

Por: Carolina Giovanelli

Bichos_2316 (2)
Anna e Carlota Joaquina: momento de aconchego (Foto: Arquivo Pessoal)

A vira-lata Carlota Joaquina tem nome de princesa e é tratadacomo uma. Seus “pais”, a produtora Anna Cestari e o estudante de direito Pedro Binotti, a adotaram há três anos. O período inicial foi rebelde, pois o filhote comia lixo, roía os móveis e latia sem motivo. “Ainda assim, nos amamos muito desde o primeiro encontro”, conta Anna.

+ Saiba mais notícias de bichos

Em pouco tempo, Carlota acalmou os ânimos. Tornou-se meiga e carente. Hoje, a cadela de 3 anos de idade adora cafuné e vive roubando comida da casa. Também se mostra expert em lambidas afetuosas. “Éuma filha peluda que me entende melhor do que ninguém”, derrete-se a produtora. “A Carlota virou o mimo da casa, fiquei completamente besta por ela.”

Que tal compartilhar a sua história como seu bicho de estimação? Mande a foto para o e-mail bichosvejasp@abril.com.br.

Bichos_2316 (1)
Então, um dia ele disse: “Ou eu, ou esse maldito gato”. (Foto: MICK STEVENS/CARTOONBANK.COM)

 

DICA DO ESPECIALISTA

Minha filha tem um coelho que urina no travesseiro do meu marido. O que fazer?

Os coelhos exibem comportamento territorialista, principalmente os machos, explica o veterinário Rodrigo Ferreira, da clínica ExotiCare. Normalmente, quem cuida deles são as crianças e as mulheres. Então, o dentuço se apega mais a elas e vê na figura do homem um “concorrente”. Passa assim a demarcar os lugares que têm o cheiro dele.

A castração costuma resolver o problema. O marido pode também participar mais da rotina do animal, fazendo carinho nele frequentemente e alimentando-o. Em último caso, tente aplicar um castigo, como prendê-lo na gaiola na hora do mau comportamento.

Bichos_2316 (3)
Cachorros em fibra de vidro: exposição de animais estilizados por artistas, em linhas do metrô e no MuBE (Foto: Divulgação)

 

ESSES TOTÓS NÃO MORDEM

Após as vacas e os rinocerontes, chegou a vez de a cachorrada virar arte. De 22 de abril a 12 de maio, o Shopping Market Place e estações das linhas Verde, Vermelha e Azul do metrô se revezarão na exposiçãode 105 esculturas de tamanho natural feitas de fibra de vidro que reproduzem vira-latas, “salsichas” e outras raças. Elas foram estilizadas por personalidades como Claudia Raia, Sabrina Sato e Paulo Vilhena.

Entre 13 e 16 de maio, todas as obras integrarão uma mostra no MuBE. Depois, serão leiloadas. O dinheiro arrecadado ajudará a ONG Ampara Animal.

Fonte: VEJA SÃO PAULO