Livros

Confira o acervo e o atendimento de dez bibliotecas da cidade

Com uma lista de dez livros, entre clássicos e best-sellers, perguntamos quais obras estavam disponíveis para empréstimo naquele momento

Por: Pedro Ivo Dubra - Atualizado em

Biblioteca Mário de Andrade
Biblioteca Mário de Andrade, na Avenida São Luís (Foto: Fernando Moraes)

“O universo (que outros chamam a Biblioteca) é composto de um número indefinido, e talvez infinito, de galerias hexagonais, com vastos poços de ventilação no meio, cercados por balaustradas baixíssimas. De qualquer hexágono veem-se os andares inferiores e superiores: interminavelmente.” Começa assim o conto ‘A Biblioteca de Babel’, do escritor (e bibliotecário) argentino Jorge Luis Borges (1899- 1986).

As bibliotecas paulistanas, porém, pouco lembram essa descrição encontrada na obra do genial fanático por livros. Por aqui, temos desde ambientes moderninhos, em que os próprios usuários podem fazer suas pesquisas em computador e usar seu laptop com acesso à internet sem fio, até locais em que é necessário recorrer aos velhos fichários de papel para as consultas.

Entre os dias 27 e 30 de julho, VEJA SÃO PAULO visitou dez bibliotecas da cidade. Com uma lista de dez livros, entre clássicos e best-sellers, vimos quais estavam disponíveis para empréstimo naquele momento. Conferimos ainda o espaço físico, o atendimento e a burocracia para se cadastrar. O resultado você confere a seguir.

 

Exemplares disponíveis

Exemplares disponíveis para empréstimo durante a visita, entre 27 e 30 julho  

Fonte: VEJA SÃO PAULO