Passeios

Biblioteca de São Paulo oferece programação cultural para a garotada

Além de ter acesso a 6 138 títulos infantis, crianças e adolescentes participam de atividades como contações de histórias e oficinas de artes

Por: Bruna Ribeiro

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Basta atravessar a porta de entrada da Biblioteca de São Paulo para mergulhar no mundo da literatura. O primeiro andar revela-se o mais bacana, por ser dedicado apenas a livros infantis e juvenis. Crianças e adolescentes se esparramam pelos pufes e mesas coloridos e podem se deliciar com os 6 138 títulos separados por faixa etária.

 

Pelo amplo salão, divisórias criam ambientes ideais para a leitura, também divididos por idade. Já as mesas de estudos estão sempre ocupadas por grupos de adolescentes que fazem trabalhos escolares.

A área mais disputada, claro, é a dos computadores - os sócios da biblioteca têm acesso irrestrito à internet. Inaugurado em 2010, o espaço também dispõe de uma boa programação cultural. Às quartas, das 10h às 11h, é a vez das artes plásticas. Em Pintando o 7, crianças fazem releituras de obras infantis com obras de artesanato. No mesmo dia, às 15h, Brincando e Aprendendo tem atividades como jogos de tabuleiro e partidas de futebol com os olhos vendados.

Aos sábados (das 15h às 15h45), há experiências lúdicas com livros para bebês de 6 meses a 3 anos, com o Bebelê. Faz sucesso ainda a narração de histórias, na Hora do Conto, às sextas (15h), sábados e domingos (16h). Confira a programação completa aqui.

Para completar o passeio vale dar uma volta pelo Parque da Juventude, que divide o terreno com a biblioteca. A área verde é bacana para a prática de esportes, principalmente o skate, e até mesmo para um piquenique.

Fonte: VEJA SÃO PAULO