Noite

Beat Club mistura bilhar, rock e música eletrônica

Clube faz parte da nova leva de casas noturnas do Baixo Augusta

Por: Carolina Giovanelli - Atualizado em

Beat Club - 2224
Mistura: bilhar e fliperama convivem com o clima de balada do Beat Club (Foto: Raul Zito)

Integrante da nova leva de casas noturnas da região do Baixo Augusta, o Beat Club é comandado por três figuras experientes na cena baladeira paulistana: a promoter Vivi Flaksbaum, a hostess Adriana Recchi e o empresário Gigio Wornicow. Instalado em um antigo inferninho, o descolado clube de três andares exibe agenda recheada com noitadas de eletrônico e rock. Só fecha às segundas-feiras. Fãs de festas badaladas e até agora desativadas, como a Cio ou o after hours Hell’s Club, não mais ficarão desamparados. No térreo, há um lounge com bar. Subindo as escadas, o pessoal se diverte com uma mesa de bilhar e um fliperama. No subsolo funciona uma escura pistinha de teto baixo.

+ Baladeiros de plantão: quinze lugares para comer de madrugada

Fonte: VEJA SÃO PAULO