Restaurantes

Baruk

Cardápio especializado na culinária árabe

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

BARUK
Baruk: receitas servidas em sistema de rodízio (Foto: Gladstone Campos/ realphotos)

Confira todos os endereços:

  • Árabes

    Baruk - Itaim Bibi

    Rua Bandeira Paulista, 399, Itaim Bibi

    Tel: (11) 3895 9990

    VejaSP
    5 avaliações

    A maioria dos clientes desta dupla de casas de visual bem colorido não costuma dar bola para o menu. Justifica-se. Quase todas as sugestões do cardápio estão reunidas no rodízio, que tem preço atraente — custa R$ 42,80 (almoço de segunda a sexta) e R$ 44,80 (almoço aos sábados, domingos e feriados) e R$ 46,80 (o jantar na filial do Itaim Bibi). Assim que se faz o pedido, os garçons vão trazendo as sugestões. Aparecem primeiro o trio de pastas, composto de homus caprichado, um babaganuche no qual falta um toque defumado e a coalhada seca com tom acima de acidez. Ainda que coberta de mussarela, a esfiha aberta é das mais saborosas. Na sequência, pule o arroz com macarrão cabelo de anjo para se concentrar no espetinho típico conhecido por michui, feito de frango e de cafta, a carne moída bem temperada. O arroz-doce aromatizado na água de flor de laranjeira faz um bom arremate. Há dois novos sabores de sorvete na sobremesa. São as versões de limão e de café fazem parte do rodízio completo.

    Preços checados em 22 de julho de 2015.

    Saiba mais
  • Árabes

    Baruk - Vila Olímpia

    Alameda Raja Gabaglia, 160, Vila Olímpia

    Tel: (11) 3045 9999

    VejaSP
    9 avaliações

    A maioria dos clientes desta dupla de casas de visual bem colorido não costuma dar bola para o menu. Justifica-se. Quase todas as sugestões do cardápio estão reunidas no rodízio, que tem preço atraente — custa R$ 42,80 (almoço de segunda a sexta) e R$ 44,80 (almoço aos sábados, domingos e feriados) e R$ 46,80 (o jantar na filial do Itaim Bibi). Assim que se faz o pedido, os garçons vão trazendo as sugestões. Aparecem primeiro o trio de pastas, composto de homus caprichado, um babaganuche no qual falta um toque defumado e a coalhada seca com tom acima de acidez. Ainda que coberta de mussarela, a esfiha aberta é das mais saborosas. Na sequência, pule o arroz com macarrão cabelo de anjo para se concentrar no espetinho típico conhecido por michui, feito de frango e de cafta, a carne moída bem temperada. O arroz-doce aromatizado na água de flor de laranjeira faz um bom arremate. Há dois novos sabores de sorvete na sobremesa. São as versões de limão e de café fazem parte do rodízio completo.

    Preços checados em 22 de julho de 2015.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO