Bares

Território de baladas, Barra Funda ganha o Deep Bar 611

Ao estilo dos pubs ingleses, oferece boa carta de cervejas, com quase noventa rótulos

Por: Fabio Wright

Deep 2278 Salão
O pequenino ambiente: acomodações no balcão lateral e nas mesas (Foto: Raul Zito)

Mais conhecida pelas baladas, entre elas a Clash e a Alley Club, a Rua Barra Funda também abriga um simpático bar. Inaugurado sem nenhum alarde um ano e meio atrás, o Deep Bar 611 formou desde então um público cativo, que lota a casa às sextas e aos sábados. Pode ser considerado um achado no bairro, carente de lugares legais para beber e petiscar. Apertado e de luz baixa, o ambiente lembra um pub, com objetos relacionados ao mundo da cerveja pendurados nas paredes e acomodações em mesinhas altas e baixas e em um balcão lateral.

+ Quatro endereços para provar cervejas de inverno

+ Explore o melhor da noite paulistana

+ Filial do Kia Ora também chegou ao bairro

No cardápio de bebidas, sobressaem as cervejas — são quase noventa rótulos de dezessete países. Boas escolhas recaem sobre a inglesa Strong Suffolk Vintage Ale (R$ 28,00), a escura russa Baltika Porter (R$ 20,00) e as ótimas belgas Kwak (R$ 20,00) e Corsendonk Pater Dubbel (R$ 60,00), uma abadia no estilo dark ale envasada numa garrafa de rolha de 750 mililitros. A seleção nacional inclui a Dama India Pale Ale (R$ 18,00), de Piracicaba (SP), e a mineira Backer 3 Lobos Pele Vermelha (R$ 15,00).

Deep 2278 Corsendonk
A belga Corsendonk Pater: R$ 60,00 (Foto: Raul Zito)

Entre as receitas da cozinha, que poderiam ter apresentação mais cuidadosa, aparecem algumas pedidas típicas alemãs, como o kassler (bisteca suína; R$ 30,00) e a porção de salsichas (viena, com alho, branca e schüblig; mesmo preço). Ambas vêm acompanhadas de chucrute e salada de batata. Os proprietários, Ricardo e Fernando Souza (pai e filho), alugaram dois imóveis vizinhos ao bar para montar um empório de cervejas, que vai abrir em outubro, e um hostel, previsto para 2013. Fique esperto: só há um caixa para fechar o cartão de consumo.

BEBIDAS ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | COZINHA ✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO