Especial

Bares: a terra dos bons drinques

Uma seleção de dez bares que resistem ao tempo e à alta rotatividade

Por: Fabio Wright

bottagallo SP Turismo
Botagallo: bar-restaurante serve receitas italianas em pequenas porções (Foto: Fernando Moraes)

Enquanto em cidades como o Rio de Janeiro os botecos viram instituições culturais e merecem até uma cerimônia de enterro organizada pelos velhos fregueses, tristes e inconformados com o dia em que suas portas se fecham, o grande destaque do circuito etílico de São Paulo é justamente a alta rotatividade. Alguns clássicos, é claro, sempre resistem ao tempo. Mas são exceções.

Nos bairros com maior concentração de casas, como a Vila Madalena, não chega a ser um exagero dizer que há sempre uma novidade em cada esquina. A cultura boêmia daqui também gosta de importar modelos, como os botequins cariocas, adaptando-os ao gosto dos fregueses da cidade. Isso sem se esquecer de cultivar lugares para um ritual que tem um sabor mais especial numa metrópole desse porte. Exemplo disso é saborear um dry martini num bar localizado na cobertura de um arranha-céu, tendo como pano de fundo a selva de pedra paulistana.

Veja abaixo do mapa dez opções de bares:

  • Bar-restaurante

    Adega Santiago

    Rua Sampaio Vidal, 1072, Jardim Paulistano

    Tel: (11) 3081 5211

    VejaSP
    10 avaliações

    Para o paulistano, não bastava a existência de apenas uma unidade da Adega Santiago. Hoje, dez anos depois da inauguração, a rede de bares-restaurantes tem três endereços na cidade. O mais recente (e menor) deles foi aberto em abril, no Jardim Paulista, e bomba desde os primeiros dias de funcionamento. Para um almoço animado ou um jantar festivo, caem bem o bacalhau à brás (R$ 69,00) e as costelinhas suínas no molho da própria carne com couve frita e batata ao murro (R$ 29,00 na versão petisco; R$ 61,00 como prato). Entre um chope gelado e outro (Heineken, R$ 12,90), vale investir no drinque amarguinho vermute riaspritz (vermute envelhecido, espumante e bitter; R$ 37,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Baretto

    Rua Vitório Fasano, 88, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3896 4000 ou (11) 3896 4060

    VejaSP
    3 avaliações

    Instalado no Hotel Fasano, o bar é classudo, daqueles para impressionar a companhia. O saltos preços são compensados pelas confortáveis poltronas de couro, pela iluminação calculada, pelo atendimento cortês e pela música ao vivo de boa qualidade. De segunda a sábado, há apresentações de jazz e MPB no centro do salão. O barman Valter Bolinha prepara clássicos com maestria, entre eles o dry martini (R$ 54,00), conservado em um recipiente com gelo.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bar-restaurante

    Bottega BottaGallo

    Rua Jesuíno Arruda, 520, Itaim Bibi

    5 avaliações
  • Bar-restaurante

    Bar da Dona Onça

    Avenida Ipiranga, 200, Centro

    Tel: (11) 3257 2016

    VejaSP
    31 avaliações

    No decorrer do ano, a chef Janaina Rueda apareceu em programas de TV, reformulou a merenda da rede estadual e ajudou o marido, Jefferson Rueda, a montar A Casa do Porco Bar. Mesmo tão ocupada, ainda conseguiu manter a qualidade desta casa. Reinam no menu receitas difíceis de não agradar, como a moela úmida de aperitivo (R$ 43,00) e o mexido de arroz, feijão, carne moída, couve e farinha coberto de ovo frito (R$ 49,00). Saboroso, o bloody mary (R$ 32,00) é uma ótima maneira de iniciar a petiscaria.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Empório Sagarana

    Rua Marco Aurélio, 883, Vila Romana

    Tel: (11) 3539 6560

    VejaSP
    2 avaliações

    Seu clima de boteco no meio do nada atrai um público sem frescura. Se o movimento dos dias de semana não é mais o mesmo, é possível pegar uma espera de meia horinha às sextas e aos sábados. Nenhum incômodo que uma das cinquenta cachacinhas da casa não ajude a aliviar. De Paraty, vem a Paratiana (R$ 18,00), que descansa em tonéis de amendoim. A lista de cerveja inclui a Touro Sentado (R$ 24,00, 330 mililitros), uma agradável IPA da cervejaria Dogma. Na linha de petiscos, a bruschetta de queijo de cabra e tomate sai a R$ 30,00. Na filial da Vila Madalena, a seleção de tira-gostos é reduzida.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Numero

    Rua da Consolação, 3585, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3061 3995

    VejaSP
    7 avaliações

    Queridinho da moçada endinheirada, o bar tem ares de exclusividade. Não à toa: é preciso estar disposto a desembolsar R$ 250,00 de consumação mínima em algumas noites para refestelar-se nos confortáveis sofás de couro de seu salão. O barman Derivan de Souza deixa todo mundo ainda mais à vontade com drinques clássicos benfeitos, como o negroni e o apple martini (R$ 37,00 cada um). Recentemente, a coxinha (R$ 34,00), clássico local, ganhou uma igualmente deliciosa versão de pato (R$ 45,00), que vem acompanhada de molho agridoce levemente apimentado.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Original

    Rua Graúna, 137, Moema

    Tel: (11) 5093 9486

    VejaSP
    5 avaliações

    Um dos grupos gastronômicos mais importantes do país, a Cia. Tradicional de Comércio abriu o primeiro negócio há exatos vinte anos em Moema. Nascia o Original, um bar que homenageia diversos endereços boêmios da capital e foi muito copiado por aí. É famoso pelo ótimo chopinho Brahma (R$7,90), tirado com os regulamentares três dedos de colarinho cremoso. Na hora de comer, peça o sanduba de pernil desfiado no pão macio de mandioquinha com cebola, pimentão, queijo provolone e um ovo de gema mole (R$ 32,00). Uma saladinha de repolho e um montão de batatas chips são os acompanhamentos.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Skye (Bar)

    Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 4700, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3055 4700 ou (11) 3055 4702

    VejaSP
    6 avaliações

    Eis um lugar para bebericar à beira da piscina, esparramado em grandes pufes ou mesinhas sob guarda-sóis enquanto se admira o acachapante skyline da cidade. Anexo ao restaurante de mesmo nome, na cobertura do Hotel Unique, alonga-se por um deque de 27 metros, onde casais disputam espaço com turmas de amigos e estrangeiros de passagem pela cidade. Os comes apenas cumprem seu papel e não chegam a empolgar. Além de sushis, há itens como a casquinha de camarão (R$ 48,00). Configura pedida mais acertada o chope Heineken (R$ 15,00) ou, a depender da ocasião, uma garrafa de champanhe Perrier-Jouët Blason Rosé (R$ 590,00).

    Preços checados em 18 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    Veloso

    Rua Conceição Veloso, 54, Vila Mariana

    Tel: (11) 5572 0254

    VejaSP
    34 avaliações

    Não é difícil descrever o boteco em três palavras: fila, coxinha, caipirinha. Uma legião de fãs ocupa a calçada à espera de uma mesa. Mesmo antes de conseguir um assento, jávai devorando as coxinhas de tamanho médio (R$ 30,00, seis unidades), viciantes pela casquinha crocante e pelo recheio de frango ultracremoso. Para acompanhá-las, são imbatíveis as caipirinhas preparadas pela equipe do bartender Souza, como a de tangerina e pimenta (R$ 19,00). Não deixe de pedir o chopinho na tulipa (Brahma, R$ 7,80), muito bom. O vizinho Armazém Veloso (Rua Conceição Veloso, 48) tem o mesmo menu e tenta dar conta da demanda. Tenta.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO