Roteiro

Bares turísticos obrigatórios no roteiro paulistano

Selecionamos endereços imperdíveis para os turistas que visitam a cidade

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Bar Léo
Bar Léo: imperdível para quem gosta de um bom chope (Foto: Bar Léo)

O Bar Léo tem um horário de funcionamento restrito e está localizado numa área degradada do centro, mas é um programa imperdível para quem gosta de um bom chope. Pertinho dali, o Bar Brahma atrai turistas a um dos pontos mais famosos da cidade: a esquina da avenida Ipiranga com a São João. Sua programação de música ao vivo, com nomes variados como Cauby Peixoto e Salgadinho, é outro diferencial.

A Vila Madalena, por si só um ponto turístico, reúne uma série de endereços clássicos. São exemplos os concorridíssimos Astor e SubAstor, a trinca formada pelo Filial, Genésio e Genial, além do São Cristovão, com sua decoração futebolística, e o Ó do Borogodó, para dançar até altas horas.

Quem quiser um programa casado tem à disposição o bar O Torcedor, que funciona junto à entrada principal do Estádio do Pacaembu e próximo ao Museu do Futebol. Veja esses outros lugares abaixo:

 

  • Bares variados

    Astor

    Rua Delfina, 163, Vila Madalena

    Tel: (11) 3815 1364

    VejaSP
    13 avaliações

    É o endereço classudo da Cia. Tradicional de Comércio, dona também do Pirajá e do Original. Cartazes, espelhos rabiscados e lustres antigos dão aura nostálgica ao endereço, ocupado por um público que passou dos 30 anos. A carta foi renovada com a inclusão de doze drinques, a R$ 31,00 cada um. Faz bonito o sutil fish house punch (brandy, rum, licor de damasco, limão e angustura), tirado diretamente da torneira de chope. Falando nele, o chopinho da Brahma (R$ 8,10) tem agora a companhia do appia (R$ 12,00), da Colorado, extraído com o colarinho bem denso. Quando vier o apetite, o picadinho (R$ 49,00) se mostra uma boa escolha. Chega com arroz, farofa, caldo de feijão e banana à milanesa.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Bar Brahma Centro

    Avenida São João, 677, centro

    Tel: (11) 3331 9332

    VejaSP
    7 avaliações

    O bar mais turístico da cidade se localiza no cruzamento eternizado por Caetano Veloso: o das avenidas Ipiranga e São João, no centro. Todos os olhares se voltam ao classudo salão com lustres de cristal. Em um pequeno palco apresentam-se astros da velha guarda como Jerry Adriani e Moacyr Franco. Também concorrida, a varandona é cenário agradável para tomar o chope da marca que dá nome à casa (R$ 8,50). Feito com linguiça calabresa, o picadinho (R$ 52,00) vem com arroz, farofa, brócolis e uma boa banana à milanesa.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bar-restaurante

    Bar da Dona Onça

    Avenida Ipiranga, 200, Centro

    Tel: (11) 3257 2016

    VejaSP
    31 avaliações

    No decorrer do ano, a chef Janaina Rueda apareceu em programas de TV, reformulou a merenda da rede estadual e ajudou o marido, Jefferson Rueda, a montar A Casa do Porco Bar. Mesmo tão ocupada, ainda conseguiu manter a qualidade desta casa. Reinam no menu receitas difíceis de não agradar, como a moela úmida de aperitivo (R$ 43,00) e o mexido de arroz, feijão, carne moída, couve e farinha coberto de ovo frito (R$ 49,00). Saboroso, o bloody mary (R$ 32,00) é uma ótima maneira de iniciar a petiscaria.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Bar Léo

    Rua Aurora, 100, Santa Efigênia

    Tel: (11) 3221 0247

    VejaSP
    Sem avaliação

    O que falar de um bar que segue na mesma toada desde 1940? Gente de toda a cidade continua a se apinhar no folclórico salão de decoração da Baviera em busca do chope Brahma (R$ 8,50) e dos petiscos benfeitos. O bolinho de carne (R$ 29,00, três unidades) faz jus à fama e vem bem temperado. Outra pedida que costuma agradar é o bolinho de bacalhau (R$ 8,50). Mas é bom ficar esperto: o primeiro sai de segunda a sexta e o segundo, só às quartase aos sábados. Pratos também têm dia certo para aparecer, como a rabada com agrião e polenta (R$ 39,00) das terças.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Bourbon Street

    Rua dos Chanés, 127, Moema

    Tel: (11) 5095 6100

    VejaSP
    4 avaliações

    Ano após ano, o longevo endereço continua a apresentar uma programação musical de altíssima qualidade. Seja no palco principal, pelo qual já passaram lendas como B.B. King, seja com apresentações menores sob a escada que leva ao mezanino, toda noite tem show. Uma plateia mais madura costuma lotar as mesinhas e investe no chope Stella Artois (R$ 10,50), bem como nos destilados em copo alto (a dose do uísque irlandês Jameson sai por R$ 22,00). Da cozinha, uma pedida mais segura é o pratinho de queijos com uvas, castanhas, frutas secas e pães (R$ 73,00). Afnal, o forte do cardápio é a música.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bar-restaurante

    Dona Felicidade

    Rua Tito, 21, Vila Romana

    Tel: (11) 3864 3866 ou (11) 3804 0775

    VejaSP
    2 avaliações

    É um autêntico bar de família capitaneado pela portuguesa Felicidade Bastos, que do alto dos seus 91 anos ainda dá expediente no salão ao lado dos filhos. O lugar está sempre cheio de gente do bairro e, apesar de grandalhão, nos fins de semana é comum ter espera. Ajuda a amainar a fome o clássico bolinho de bacalhau (R$ 4,90). Para a refeição, sai da cozinha uma gostosa alheira, que pode vir junto de pão (R$ 27,00) ou com arroz e ovo (R$ 48,00). Na hora de molhar o bico, há cervejas como Original (R$ 10,90) e Bohemia(R$ 9,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Filial

    Rua Fidalga, 254, Vila Madalena

    Tel: (11) 3813 9226

    VejaSP
    6 avaliações

    Foi o primeiro endereço (ainda em atividade) inaugurado pelos irmãos Altman na Vila Madalena. A cozinha segue até as 3h30 às sextas e aos sábados, o que fez com que a casa ganhasse status de bar de fim de noite. O salão, com jeito de boteco antigo, fecha mais tarde ainda. Os garçons, espertos, ficam de olho nas mesas e repõem rapidamente (até demais) o bem tirado chope Brahma (R$ 7,90). Há também cerca de cinquenta rótulos de cachaça. A linguiça toscana na chapa chega junto de farofinha e couve frita (R$ 34,50).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Frangó

    Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó, 168, Freguesia Do Ó

    Tel: (11) 3932 4818

    VejaSP
    21 avaliações

    Lá no alto da Freguesia do Ó, este bar de quase trinta anos foi um dos primeiros da cidade a se dedicar às cervejas especiais. Pesada e cheia de páginas, a carta traz 430 rótulos catalogados, como o alcoólico St. Feuillien Grand Cru (R$ 42,00, 330 mililitros), da Bélgica. Gelada da casa, a american pale ale produzida pela Colorado sai a R$ 22,00 (600 mililitros). O menu, célebre pela coxinha (R$ 5,00), ganhou um sopro de renovação com receitas do chef Marcelo Corrêa Bastos (Jiquitaia), entre elas o beirute de cupim (R$ 28,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Genésio

    Rua Fidalga, 265, Vila Madalena

    Tel: (11) 3812 6252

    VejaSP
    5 avaliações

    É um dos poucos endereços da Vila Madalena que ultrapassam a fronteira da 1 da madrugada, tal qual o bar-irmão Filial, do outro lado da rua. Com a atenção voltada para a cozinha, tenta agradar tanto o boêmio em busca de uma refeição completa quanto o público a fim de só um tira-gosto. Se esse for seu caso, experimente o caldinho de feijão-branco com linguiça calabresa (R$ 12,00). Do forno a lenha, vem o calzone de quatro queijos (R$43,00). Sempre bem tirado, o chope Brahma (R$ 7,90) ganhou no ano passado a companhia do Colorado (R$ 13,80 a versão de trigo). Antes eficiente, o serviço tem se mostrado desatento nas noites tranquilas, quando o burburinho dos funcionários parece mais animado que o da clientela.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Genial

    Rua Girassol, 374, Vila Madalena

    Tel: (11) 3812 7442

    VejaSP
    5 avaliações

    A casa pertence aos mesmos donos dos bares Filial e Genésio. O velho cardápio, aquela pastinha cheia de páginas, foi transformado em uma peça menor, dobrável e de diagramação moderna. Na prática, permanece com boas pedidas das antigas, como o caldo de feijão na caneca acompanhado de torresmo (R$ 12,00). Os croquetes de camarão têm boa quantidade de crustáceos no interior (R$ 32,00, meia dúzia). A bebida de regra continua a ser o chope Brahma (R$ 7,90 o claro e R$ 9,80 o escuro). Só fuja de coquetéis clássicos como o negroni (R$ 29,00), que costuma vir com excesso de Campari.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Ó do Borogodó

    Rua Horácio Lane, 21, Pinheiros

    Tel: (11) 3814 4087

    VejaSP
    5 avaliações

    Eis um pequeno e festivo boteco de samba, com um quê da Lapa carioca. Em seus quinze anos recém-completos, recebeu (e ainda recebe) um sem-número de apresentações de gente como Juliana Amaral, Anaí Rosa e Inimigos do Batente. Os shows servem de ímã para uma galera sem frescura e também para muitos gringos em busca de interação. Cervejas em garrafa (Eisenbahn e Amstel, R$ 14,00 cada uma), servidas em copo americano, e caipirinhas (R$ 22,00) feitas sem lá muito cuidado cumprem o papel de deixar a coisa toda ainda mais animada.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    O Torcedor

    Praça Charles Miller, s/n, Pacaembu

    1 avaliação
  • Chope e cerveja

    Pirajá

    Avenida Brigadeiro Faria Lima, 64, Pinheiros

    Tel: (11) 3815 6881

    VejaSP
    19 avaliações

    O bar de jeitão carioca ganhou a terceira unidade na cidade em julho, a poucos metros da Avenida Paulista. Assim como nos demais endereços, o visitante encontra um ambiente desencanado e propício para bebericar uma caipirinha. Continua uma delícia a de dois limões (o taiti e o siciliano), mais rapadura (R$ 22,00). Novo petisco, o bolinho de mandioquinha guarda um saboroso recheio de carne de sol, pimenta cambucie catupiry (R$ 28,00 a porção). Está prometida a abertura de uma loja no Shopping Eldorado até novembro.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

     

    Saiba mais
  • Botecos

    São Cristovão

    Rua Aspicuelta, 533, Vila Madalena

    Tel: (11) 3097 9904

    VejaSP
    12 avaliações

    Trata-se do melhor bar da Rua Aspicuelta, a mais agitada da Vila Madalena. É difícil não perceber que este botequim é devoto do futebol. Imagens, recortes, ingressos e outros objetos ligados ao esporte forram as paredes. Conhecido pelo ótimo chope, o lugar trocou a marca da bebida no começo do ano. Saiu de cena a Brahma, que foi substituída pela Heineken (R$ 8,00), tirada como se deve. Se não é fã desse chope, peça caipirinha,muito bem preparada (R$ 19,00). Na hora do petisco, lembre-se dos pasteizinhos de escarola e um toque de aliche: são dos bons (R$ 26,00, oito unidades).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Skye (Bar)

    Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 4700, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3055 4700 ou (11) 3055 4702

    VejaSP
    6 avaliações

    Eis um lugar para bebericar à beira da piscina, esparramado em grandes pufes ou mesinhas sob guarda-sóis enquanto se admira o acachapante skyline da cidade. Anexo ao restaurante de mesmo nome, na cobertura do Hotel Unique, alonga-se por um deque de 27 metros, onde casais disputam espaço com turmas de amigos e estrangeiros de passagem pela cidade. Os comes apenas cumprem seu papel e não chegam a empolgar. Além de sushis, há itens como a casquinha de camarão (R$ 48,00). Configura pedida mais acertada o chope Heineken (R$ 15,00) ou, a depender da ocasião, uma garrafa de champanhe Perrier-Jouët Blason Rosé (R$ 590,00).

    Preços checados em 18 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Drinques

    SubAstor

    Rua Delfina, 163, Pinheiros

    Tel: (11) 3815 1364

    VejaSP
    11 avaliações

    Não é raro chegar ao bar, instalado no subsolo do Astor, e encontrar o salão apinhado. Culpa do bartender italiano Fabio la Pietra, que se desligou da casa em setembro, mas deixou uma ótima seleção etílica como legado. O interino e ex-braço-direito, Rogério Frajola, na casa desde a abertura, executa junto da equipe pedidas como o dark & stormy (R$ 31,00), feito de rum, melado de cana e limão-taiti e finalizado com um marcante refrigerante de gengibre.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Italianos

    Terraço Itália

    Avenida Ipiranga, 344, Centro

    Tel: (11) 2189 2929

    VejaSP
    39 avaliações

    Nem os preços do cardápio nem o visual impactante do topo do Edifício Itália sugerem um local de almoço executivo (R$ 95,00). Mas a verdade é que vale a pena aproveitar esse horário do dia para desfrutar a vista e pagar um pouco menos por um menu completo do chef italiano Pasquale Mancini. As combinações podem incluir uma polenta cremosa com crocante de presunto cru seguido de salmão marinado ou nhoque de molho gorgonzola e rúcula. A sala Panorama tem música ao vivo no jantar (R$ 47,00 o couvert artístico) e pedidas como o camarão ao vinho branco com risoto de açafrão (R$ 136,00) e o merengue com mascarpone, chocolate branco e morango (R$ 29,00), para os casais de apaixonados dividirem.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    Veloso

    Rua Conceição Veloso, 54, Vila Mariana

    Tel: (11) 5572 0254

    VejaSP
    34 avaliações

    Não é difícil descrever o boteco em três palavras: fila, coxinha, caipirinha. Uma legião de fãs ocupa a calçada à espera de uma mesa. Mesmo antes de conseguir um assento, jávai devorando as coxinhas de tamanho médio (R$ 30,00, seis unidades), viciantes pela casquinha crocante e pelo recheio de frango ultracremoso. Para acompanhá-las, são imbatíveis as caipirinhas preparadas pela equipe do bartender Souza, como a de tangerina e pimenta (R$ 19,00). Não deixe de pedir o chopinho na tulipa (Brahma, R$ 7,80), muito bom. O vizinho Armazém Veloso (Rua Conceição Veloso, 48) tem o mesmo menu e tenta dar conta da demanda. Tenta.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO