bares

Quinze porções de bar por até 20 reais

Uma seleção de boas pedidas para compartilhar no boteco que não machucam o bolso

Por: Saulo Yassuda - Atualizado em

Canaille Bar
Croqueta cremosa de queijo brie, do Canaille Bar: R$ 18,00 (Foto: Mario Rodrigues)

Não dá para gastar à toa em época de vacas magras, mas a botecagem não pode parar -- por mais que os especialistas em finanças nos aconselhem a cortar o "supérfluo". (Quem disse que ir ao bar é supérfluo?)

Para que a boemia continue mesmo em tempos de crise, selecionamos abaixo quinze porções na cidade que custam, no máximo, R$ 20,00. Deixamos de fora petiscos individuais e apostamos nas opções para compartilhar. Aproveite. E economize.

La Gorgona
Arepas com queijo: R$ 14,00 no La Gorgona (Foto: Ricardo D'Angelo)

Ambar: novato em Pinheiros, este endereço dedicado ao chope artesanal sugere pedidas apetitosas. É o caso do dadinho de tapioca com pedaços de calabresa (R$ 20,00, dez unidades).

Balcão 304: o pequeno espaço fica escondido em meio a residências do bairro da Saúde. Para acompanhar as cervejinhas (a seleção é das boas), vá de linguiça na cachaça por R$ 15,00.

Botiquinho: o agradável boteco na região da Chácara Santo Antônio tem no cardápio o chamado bolinho toscano, de linguiça, couve e farofa (R$ 19,00, seis unidades).

Pitico
A porção de faláfel: R$ 18,00 no Pitico (Foto: Ricardo D' Angelo)

Canaille Bar: vencedor da categoria bom e barato da mais recente edição VEJA COMER & BEBER, o bar dedicado aos vinhos serve as ótimas croquetes de queijo brie (R$ 18,00, meia dúzia).

Cateto: o bar de cervejas e pegada hipster tem unidades na Mooca e em Pinheiros. Na dupla de casas, prove o snack de linguiça húngara (R$ 16,00). O embutido chega cortado em palitos dentro de uma vasilha de metal. 

Cervejaria Ideal: para acompanhar os ótimos chopes do lugar, vão bem os bolinhos de batata com queijo suiço (R$ 19,00, meia dúzia).

Tiquim
Do Tiquim, penne frito polvilhado de lemon pepper: R$ 9,00 (Foto: Ricardo D`Angelo)

Deep Bar 611: o bar com jeitão de pub é um bom lugar para bebericar na Barra Funda. Sai por R$ 20,00 a porção do bolinho à moda alemã feito de carnes suína e bovina, batizado de fleisch bällchen.

Empório Sagarana: o boteco com ótimas cachaças no cardápio reformulou o cardápio de comes. Entre as novidades, está a porção de torresmo (R$ 19,00).

Ikeda Ya: chamadas de wantomoe (R$ 10,90 a porção), as trouxinhas de massa crocante recheadas de carnes bovina e suína ao gengibre ganham a companhia de maionese de wassabi. O bar japa fica em Santana.

Tan Tan Noodle Bar
O guioza do Tan Tan: quatro unidades a R$ 15,00 (Foto: Ricardo d’Angelo)

Izakaya Matsu: o botequim oriental de Pinheiros prepara o clássico agenasu, a R$ 18,00. Trata-se de uma berinjela frita e depois mergulhada em caldo de peixe com gengibre, nabo e cebolinha.

La Gorgona: a casa de pegada latina fica pertinho da Rua Frei Caneca. Na versão aperitivo (R$ 14,00 a porção), as chamadas arepitas são discos de milho que levam queijo de minas e mussarela na massa. Ganham a companhia de molhos à escolha.

Pitico: é um bar ao ar livre, de jeitão bem desencanado em Pinheiros. Oferecido numa caixa de papelão, a porção com oito unidades de faláfel sai a R$ 18,00.

Salumeria Tarantino: pequenino espaço dedicado a boas cervejas e vinhos nacionais. Para abrir os trabalhos, peça a tábua de frios por vantajosos R$ 18,00 (a pequena), composta de salame, prersunto cru, copa, pancetta, queijo da Serra da Canastra, azeitonas e picles.

Salumeria Tarantino
A tábua de frios: R$ 18,00 na Salumeria Tarantino (Foto: Mario Rodrigues)

Tan Tan Noodle Bar:  lugar da moda, é dedicado aos macarrões orientais. Oferece ótimos tira-gostos, caso da guioza de massa fininha e recheio de porco e verduras (R$ 15,00 o quarteto).

Tiquim: o boteco de Perdizes serve um acepipe bem simples e bom: penne frito polvilhado de lemon pepper (R$ 9,00).

Fonte: VEJA SÃO PAULO