Especial

"Comer & Beber" 2013: bares em Perdizes e na Pompeia

Confira a seleção dos melhores endereços nessa região

Por: Luiz Henrique Ligabue e Marcelo Cobra - Atualizado em

O quintal do bar Dita Cabrita é composto por jabuticabeiras e bananeiras
O quintal do Dita Cabrita: com jabuticabeiras e bananeiras (Foto: Raul Zito)

O guia “Comer & Beber” 2013 apresenta 200 bares. Abaixo, a seleção de onze casas em Perdizes e na Pompeia:

+ Tudo sobre o "Comer & Beber" 2013

  • Bares variados

    Bar do Alemão

    Avenida Antártica, 554, Água Branca

    Tel: (11) 3879 0070

    VejaSP
    4 avaliações

    Uma bem-vinda reforma se estendeu por todo o primeiro semestre deste ano. A cozinha, que antes ocupava uma espécie de puxadinho no canto esquerdo do salão, foi transferida para a parte dos fundos. Tudo foi feito sem descaracterizar a decoração, em estilo germânico. Também continua preservada a esmerada programação musical, a cargo do dono, o compositor Eduardo Gudin. Às segundas segue firme e forte o chorinho — nos outros dias, há samba e MPB. Tudo regado a chope Brahma (R$ 7,90) e a boas caipirinhas (R$ 15,50). Se a fome bater, é melhor fcar na porção de bolinhos de arroz (R$ 21,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Barthô

    Rua Caiubi, 1249, Perdizes

    2 avaliações
  • Chope e cerveja

    Boteco Botella

    Rua Barão do Bananal, 528, Vila Pompéia

    Tel: (11) 3871 9165

    1 avaliação

    Tem um salão pequeno e suas mesas de madeira se espalham na rua em volta do bar. Um toldinho ajuda a ampliar a área da casa, que recebe o pessoal do bairro, ou ainda colegas de trabalho em busca da happy hour. Dedicado às cervejas, possui cerca de sessenta rótulos, entre importados e nacionais, entre os quais um belo destaque é a premiadíssima Bamberg Rauchbier (R$ 15,90; 355 mililitros), de Votorantim, interior paulista, com suas notas defumadas e de caramelo. Entre as vindas de fora, algumas consagradas, como a belga La Trappe Blond (R$ 68,90; 750 mililitros) e Guinness (R$ 19,90). Para petiscar, o bolinho maria meire (R$ 23,90, sete unidades) é o orgulho local. Tem massa à base de mandioquinha, recheio de carne-seca e ricota e macarrão cabelo de anjo na crosta externa.

     

    Preços checados em 24 de setembro de 2014.

    Saiba mais
  • Botecos

    O Catarina

    Rua Ministro Ferreira Alves, 131, Perdizes

    Tel: (11) 2369 5657

    VejaSP
    5 avaliações

    Apelidado de Catarina, o ex-pescador Renato Silvy Andrade foi criado na Praia de Canasvieiras, em Florianópolis. Por isso, faz questão de dar uma cara de boteco à beira--mar ao seu negócio, repleto de mesinhas na calçada. Uma das opções para bebericar é a cerveja do bar, a Ilha Santa Pilsen (R$ 21,00, 600 mililitros), vez ou outra fora da temperatura ideal. Depois de provar os bolinhos cremosos de siri (R$ 30,00, seis unidades), vai muito bem o arroz vermelhinho de camarão, bem úmido. Custa R$ 140,00 e dá para duas pessoas.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    d’Água Benta

    Rua Doutor Homem de Melo, 876, Perdizes

    3 avaliações
  • Chope e cerveja

    Desembargador

    Rua Desembargador do Vale, 253, Perdizes

    Tel: (11) 3672 3676

    VejaSP
    7 avaliações

    O acanhado balcão voltado para a rua é um lugar disputado. Ali, aboleta-se quem ainda não conseguiu uma mesa, seja ela na calçada ou no barulhento salão, cuja decoração sem arrebiques mistura piso quadriculado, mesas de madeira escura e grandes luminária sem formato de lâmpada. O sucesso que a casa faz, especialmente entre aqueles que moram no bairro e já passaram dos 30 anos, se deve à infalível dobradinha formada por chope (Brahma, R$ 7,10) e porções fartas, feitas para compartilhar. Tudo sai no ponto, mas está longe de entusiasmar. Um exemplo é a carne-seca acebolada, preparada na manteiga de garrafa e servida junto de mandioca frita (R$ 35,50). Outras duas pedidas da cozinha: o bolinho de picanha com linguiça picante (R$ 26,20, com dez unidades) e o canapé de presunto cru, queijo brie e rúcula (R$ 29,20).

    Preços checados em 13 de abril de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Dita Cabrita

    Rua Barão do Bananal, 961, Vila Pompeia

    Tel: (11) 3868 2463

    3 avaliações

    De clima descontraído e praiano, tem as mesas espalhadas em um labiríntico jardim logo na entrada do bar. Casais de namorados e rodas de amigos de todas as idades frequentam o local. Durante os fins de semana, famílias costumam disputar os pratos fartos como a costela goiana. Grelhada na churrasqueira, ela recebe a companhia de tomates, cebolas, pimentão, mandioca cozida e uma porção de arroz (R$ 90,00, serve duas pessoas). Nos petiscos, não deixe passar batido o dita cabrita (R$ 25,90, seis unidades), com massa de polenta e recheio de carne de cabrito, acompanhado por molho de hortelã. Para beber, chope Brahma (R$ 7,50), cervejas nacionais e muitos drinques locais. O chiquita bacana (R$ 18,90) é uma surpresa: feito com cachaça de banana, abacaxi e açúcar, mostra-se bem saboroso.

    Preços checados em 26 de maio de 2016.

     

    Saiba mais
  • Bares variados

    La Petite - Mercearia do Francês

    Rua Ministro Ferreira Alves, 282, Perdizes

    Tel: (11) 3675 6696

    Sem avaliação

    Há pedidas como croque monsieur, sanduíche de queijo prato e presunto cru no pão de forma (R$ 23,50) e crepe de tomate e queijo de cabra (R$ 33,50). Para um prato quente mais elaborado, vá de medalhão de filé-mignon ao molho de pimenta-verde com batata gratinada (R$ 58,50).

     

    Preços checados em 29 de outubro de 2014.

    Saiba mais
  • Botecos

    Pé pra Fora

    Avenida Pompéia, 2517, Vila Pompeia

    Tel: (11) 3672 4154

    VejaSP
    3 avaliações

    A peculiaridade do botequim é o fato de as mesas ficarem dispostas apenas na varandona protegida por lonas, e não no salão. O pessoal do bairro aparece sem compromisso para beber uma caipirinha (R$ 18,20 com pinga da casa) e assistir a algum jogo nos televisores. Exposta na vitrine, a empada de palmito (R$ 4,90) revela-se cheia de sabor. Outra dica mastigável? Peça o delícia do pé (R$ 42,10). A ótima porção traz pedaços de peito de frango com creme, empanados e fritos.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    Pompeia Bar

    Rua Doutor Augusto de Miranda, 712, Pompeia

    Tel: (11) 3872 1769

    VejaSP
    7 avaliações

    Dona Olga, mãe do proprietário José Luiz Figueiredo e autora de boa parte das receitas, morreu no fim de 2015. Seu legado culinário, contudo, mantém-se firme e forte em porções como a polpetta de carne à milanesa (R$ 38,90, seis unidades), com direito a uma azeitona dentro. Outras pedidas infalíveis do boteco de esquina são o caldinho de feijão (R$ 8,90) e o bolinho de mortadela recheado de pimenta-biquinho (R$ 37,90, seis unidades). Chopes Brahma (R$ 8,50) e Brahma Black (R$ 9,30), tirados no capricho, costumam fazer parte do programa.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Tiro Liro

    Rua Cotoxó, 1185, Perdizes

    Tel: (11) 3868 3551

    VejaSP
    Sem avaliação

    Toninho Bastos honra o sobrenome em seu boteco à moda antiga. Ele é filho de Dona Felicidade, cujo endereço homônimo, na vizinha Vila Romana, é conhecido pelos predicados da cozinha. São deliciosos os bolinhos de bacalhau (R$ 32,00, seis unidades) e as almôndegas de carne moída (R$ 26,00, meia dúzia), servidas com mostardas amarela e escura. Recomenda-se também sempre dar uma conferida no balcão de acepipes (R$ 85,00 o quilo), no qual repousam marinadas, azeitonas, patês e queijos. Dos bons, o chope: Brahma (R$ 7,80).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO