publicidade

Bares

Bares no Tatuapé

11.nov.2009 | Atualizada em 28.jan.2011 por Monique Paoletti

Astros Bar Inteiro decorado com plaquinhas, quadros e objetos retrô - como os carrinhos em miniaturas espalhados pelo balcão - o Astros reúne uma galera diversificada na happy-hour. Executivos, pessoal de faculdade e moradores do bairro dividem o bom espaço para assistir jogos (as duas TV's de plasma ficam ligadas em canais de esporte o dia inteiro). Para comer, o trivial : sanduíches, porções e aperitivos. Por lá, as cervejas de garrafa 600ml dominam as mesas. Rua Serra do Japi, 909, 2094-3176

Magnólia É uma baladinha eclética. Nas duas pistas, tocam diversos estilos musicais: eletrônico, samba, pagode, black e funk. A carta etílica é vasta, mas o que faz sucesso por lá são as torres de chope de 1 litro a 2,5 litros. Se a fome bater, lanches, caldos ou porções como a picanha na tábua figuram no cardápio. R. Coelho Lisboa, 534, 6194-6309.

Copacabana É o espírito carioca do Tatuapé. Entre fotos de lugares importantes do Rio (como o Pão de Açúcar e Maracanã) e caricaturas de personalidades locais, o público desencanado degusta chope Brahma e mata a fome com porções no réchaud. Como opção, há uma nova mesa de acepipes. Pra agitar as tardes de sábado, samba e chorinho ao vivo acompanham a feijoada.

Domo Sushi Bar Quer comer sushi em um bangalô asiático? Então esta é a opção. Ambiente à meia-luz (iluminado por luminárias rústicas), pequeno jardim com fonte, e quadros que remetem ao Japão. O charme do lugar vem do bom-gosto dos donos, também proprietários do boteco chique Padroeiro. O forte de lá é o rodízio e o almoço executivo - de sexta a domingo. No bar, as sakeirinhas estrelam.

Padroeiro Boteco charmoso. Aos finais de semana, a varanda - com vista para a o Largo Nossa Senhora do Bom Parto - é disputada pelos clientes que vão assistir jogos e tomar um chope (Brahma e Brahma Black). Para petiscar, as chapas de vários sabores são o hit do bar. A mais tradicional é a de picanha alho e cebola e, para os fãs de carne branca, a de frango, shiitake e cebola. Aos sábados tem feijoada.

Proffissinal Repleto de objetos antigos, este bar de esquina - que fica em frente ao Copacabana - ganhou fama pela simplicidade. Nas mesas, baldes com cervejas de garrafas trincando de geladas (dá pra escolher entre dez marcas) e na TV de cachorro, galetos à moda dão água na boca da clientela.

Garage Bier Kalt O nome já entrega seu estilo: alemão, com o cardápio repleto de porções de salsichas variadas, joelho de porco e mostardas amarelas e escuras. Para completar a tradição, o chope sai trincando (cerca de 3 graus). Só para gelar a chopeira - que é igual a do famoso Pinguin, de Ribeirão Preto - são usados 300 quilos de gelo por dia. Com o calor, a dica é garantir um lugar nas mesinhas das calçadas ou ao lado da fonte, na ampla área externa.

publicidade

X

Avaliação de VEJA SP

Não foi avaliado

Avaliação de VEJA SP

Péssimo

Avaliação de VEJA SP

Fraco

Avaliação de VEJA SP

Regular

Avaliação de VEJA SP

Bom

Avaliação de VEJA SP

Muito bom

Avaliação de VEJA SP

Excelente

Avaliação dos usuários

Ainda não foi avaliado

Avaliação dos usuários

Péssimo

Avaliação dos usuários

Fraco

Avaliação dos usuários

Regular

Avaliação dos usuários

Bom

Avaliação dos usuários

Muito bom

Avaliação dos usuários

Excelente

Avaliação do usuário

Péssimo

Avaliação do usuário

Fraco

Avaliação do usuário

Regular

Avaliação do usuário

Bom

Avaliação do usuário

Muito bom

Avaliação do usuário

Excelente

Péssimo

Fraco

Regular

Bom

Muito bom

Excelente

Comente

Envie por e-mail