Bares

Drinques em jarra para compartilhar

São opções de batida, sangria e clericot para tomar em boa companhia

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Torero Valese
Torero Valese: a sangria mistura vinho branco, refrigerante cítrico, licor de laranja e frutas (Foto: Henrique Peron)

Ideial para reuniões a dois ou em grupos de amigos, as bebidas em jarra são cada vez mais frequentes em bares na cidade. Abaixo estão oito endereços onde podem ser pedidas misturas sempre atraentes como  sangria e clericot nas versões clássicas ou em modernas reintrepretações:  

+ Bares com mais de dez torneiras de chope 

Sangria do Adega Santiago
No Adega Santiago: sangria clássica de vinho tinto (Foto: Divulgação)

Adega Santiagomisto de bar e restaurante ibérico, a casa propõe a sangria clássica com frutas como kiwi, laranja, abacaxi, morango e uva, além de licor de laranja, nas opções de quase meio litro (R$ 44,00) ou de cerca um litro (R$ 74,00). No clericot, troca-se o vinho tinto pelo branco. As quantidade de bebida e preços são idênticos aos da sangria.

Brown Sugar: o cardápio deste movimentado endereço italiano reúne três sugestões de sangria (R$ 89,00 pela jarra de um litro e meio), cada uma feita com um tipo de vinho. A apelidada de sugar red corresponde à receita clássica com frutas variadas e fatias de laranja. A sugar yellow leva vinho branco, frutas, licor de pêssego e folhas de manjericão. Na versão com vinho rosé, a diferença fica por conta da adição de licor de amêndoa e dos morangos usados na finalização.

Casa Café: há um diferencial na receita, que não recebe somente frutas picadas como uva niágara, morango, laranja e limão. Expedida em jarra de aproximadamente um litro (R$ 78,00), a sangria leva purê de maçã e soda limonada. Com algumas mudanças em relação ao drinque clericot, entram em cena o vinho branco, uva thompson e fatias de abacaxi. 

Garrafas Bar1481-Edit
Garrafas Bar: batidinhas para compartilhar nos sabores de coco, morango e maracujá (Foto: Divulgação)

Garrafas Bar: aqui as bebidas em jarra são as clássicas batidas servidas em jarra de meio litro (R$ 27,00). São cinco versões, uma delas preparada com paçoca e coco. Outras versões muito pedidas são as de maracujá e de morango. Sem alteração de preço, o próprio cliente escolhe se quer com vodca ou cachaça. 

Bar Gràcia - Sangria Castellana
Sangria castellana: vinho branco, cointreau, kiwi, maçã verde, uva verde, suco de limão e club soda. (Foto: Divulgação)

Gràcia: foram pensadas 17 maneiras de preparar a sangria neste endereço.  Doze delas têm como ingrediente básico vinho tinto, branco, rosé ou espumante e custam R$ 58,00, na jarra de meio litro, ou R$ 96,00, na de um litro. Servidas nas mesmas opções de tamanho, cinco são chamadas de especiais e vendidas a R$ 64,00 ou R$ 96,00. Entre elas, está a carioca feita com vinho fortificado, cachaça Janeiro, grapefuit, maçã-verde, abacaxi, limão-siciliano, laranja, carambola, suco de limão e club soda. A mistura batizada de oriental combina vinho branco, saquê, uva verde, kiwi, soda, licor de menta e folhas de hortelã. 

Torero Valese: o endereço de inspiração espanhola oferece três versões de sangria. A que leva vinho branco ou tinto mais licor de laranja e frutas como abacaxi, maçã, uva e morango, é vendida nas opções de um litro (R$ 64,90) ou de dois litros (R$ 89,90). Por R$ 110,00 ou R$ 74,00, dá para provar cava Freixenet. 

Sangria do Venga
Venga!: sangria clássica de vinho tinto (Foto: Lucas Terribili)

Vengao bar espanhol expede quatro versões de sangria em jarras de meio ou de um litro. Uma das opções leva vinho tinto, soda limonada, conhaque e frutas (R$ 44,00 ou R$ 65,00). Pelo mesmo preço, é possível experimentar a batizada de ivenga!, feita com vinho branco, soda limonada, licor de laranja e frutas picadas. Na sangria de fresas (R$ 54,00 ou R$ 78,00), a mudança é o uso de espumante e o acréscimo de morango.  Com espumante, suco de laranja e licor da mesma fruta, a água de valência custa R$ 48,00 ou R$ 68,00. 

Z-Bra
Cleripinga: mistura de espumante, cachaça, licor de baunilha e frutas (Foto: Gladstone Campos)

Z-Bra a noite neste bar pode começar sendo regada a jarras de clericot de receitas inventivas. Chamada de cleripinga, mistura espumante, cachaça, licor de baunilha e frutas. Custa R$ 50,00 (a jarra de 800 mililitros). Pelo mesmos preço, há versões de uísque e tequila. 

+ Bolinhos de dar água na boca 

Fonte: VEJA SÃO PAULO