Cidade

Bares da Vila Madalena tiveram público 80% maior durante a Copa

Apesar dos números oficiais apresentados pela prefeitura, associação calcula que o prejuízo para o comércio chegou a 40% do faturamento

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

A multidão que tomou a Vila Madalena, na Zona Oeste da capital, durante os jogos da Copa foi responsável por um movimento 80% maior nos bares do bairro. A estimativa é da prefeitura de São Paulo, que divulgou nesta quinta-feira (17) um balanço final do Mundial. De acordo com a administração municipal, a cidade recebeu 541 780 visitantes que preferiram a região mais boêmia da cidade.

+ Estrangeiros dão nota 7,1 para São Paulo

Apesar dos números oficiais, os comerciantes não comemoram o período com tanto entusiasmo.  O presidente da Associação Amigos da Vila Madalena, Cassio Calazans, acredita que o aumento do movimento pode ter sido até maior do que o anunciado pela prefeitura, mas foi muito mais quantitativo do que qualitativo. Ele calcula que o prejuízo para o comércio chegou a 40% do faturamento: "Nós gostamos muito de futebol, mas não sentiremos saudades da Copa".

+ O tumulto na Vila Madalena durante os jogos da Copa

No início do Mundial, tanto moradores da Vila Madalena quanto a Subprefeitura de Pinheiros foram pegos de surpresa com o caos que tomou conta da região: trânsito travado, barulho e toneladas de lixo nas ruas.

Depois de alguns problemas, no entanto, a prefeitura tomou medidas para diminuir os incômodos. Ruas foram cercadas pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), banheiros químicos instalados e grades impediam a entrada de ambulantes e de pessoas com garrafas de vidro.

A polícia e a Guarda Civil Metropolitana também tiveram de agir e passaram a dispersar o público a partir da 1 hora. Ao todo, 153 pessoas foram presas em flagrante e 161 772 produtos irregulares e ilegais foram apreendidos.

+ Vídeo: Argentinos ficaram acampados no Sambódromo

"O público que frequenta o bairro aos finais de semana consome nos bares, restaurantes e lojas. Com a Copa, os torcedores queriam fazer bagunça e, ao invés de pagarem dez reais em uma cerveja no bar, preferiam comprar três pelo mesmo valor nos ambulantes ou encher a sacola plástica no supermercado."

Na cidade

Em atrativos como a Avenida Paulista, o Mercado Municipal e o Museu do Futebol, o aumento de visitantes foi de 30% entre os dias 12 de junho e 13 de julho.

Ao todo, quase 1 milhão de pessoas compareceram a eventos oficiais, como Fan Fest, exibições públicas em bairros e a Arena Corinthians. Apenas a Fan Fest recebeu 568 247 torcedores durante a competição, uma média de quase 23 000 por dia.

O lixo, um dos principais problemas vividos pelos moradores da Vila Madalena, também foi recolhido em grandes quantidades. Somando os resíduos produzidos nos principais pontos de concentração de pessoas, foram 96 783 quilos, sendo que 32 343 quilos se tratavam de material reciclado.

+ Confira o melhor da cidade agora

Fonte: VEJA SÃO PAULO