Especial

"Comer & Beber" 2013: onde beber chopes cremosos e imperdíveis

Confira a seleção dos melhores endereços para bebericar um chope bem tirado

Por: Luiz Henrique Ligabue e Marcelo Cobra - Atualizado em

Torneiras de chope do Empório Alto dos Pinheiros Comer e Beber 2013 - Foto Mario Rodrigues
Torneiras de chope do Empório Alto dos Pinheiros: seleção de peso (Foto: Mario Rodrigues)

O guia "Comer & Beber" apresenta 200 bares. Abaixo, a seleção de endereços que servem chopes cremosos e imperdíveis:

+ Tudo sobre o "Comer & Beber" 2013

  • Chope e cerveja

    Amigo Leal

    Rua Amaral Gurgel, 165, Vila Buarque

    Tel: (11) 3223 6873

    VejaSP
    3 avaliações

    1967. Esse foi o ano de fundação deste clássico bar, que felizmente resiste sob o concreto do Minhocão. Só pelos canapés frios, como o rococó (copa e gorgonzola sobre fatias de pão; R$ 25,00), a ida já vale a pena. Salgadinho, o acepipe pede chope Brahma (claro, R$ 8,00; escuro, R$ 9,80), cremoso na medida. Para animar ainda mais a noitada, steinhäger gelado (R$ 11,00, nacional). Caso a fome aperte, peça o bolinho de carne (R$ 8,00), melhor que o de joelho de porco, chucrute e requeijão (R$ 8,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Cervejaria Nacional

    Avenida Pedroso De Morais, 604, Pinheiros

    Tel: (11) 3034 4318 ou (11) 4305 9368

    VejaSP
    14 avaliações

    Cervejaria Nacional já preparava a própria bebida. Desde 2011, os chopes são produzidos na fábrica que divide o endereço com o bar. Em dois pisos, o público toma o levinho weiss (R$ 13,50, 330 mililitros) e o mais encorpado brown ale (R$ 14,50, 330 mililitros), entre outras pedidas fixas. O líquido não vem estupidamente gelado, mas em temperatura agradável para que se sintam suas nuances. Não deixe escapar os títulos temporários. Do cardápio eclético de mastigáveis, dá para descolar uma pedida brasileirinha: queijo de coalho grelhado com um pouco de melado de cerveja (R$ 27,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Empório Alto dos Pinheiros

    Rua Vupabuçu, 305, Pinheiros

    Tel: (11) 3031 4328

    VejaSP
    17 avaliações

    Um tufão chamado crise econômica e alta do dólar passou por São Paulo. O resultado se mostrou devastador: as prateleiras perderam um sem-número de rótulos de cerveja. No Empório Alto dos Pinheiros não foi diferente: há um ano tinha 750 opções, hoje exibe 660. “Os importadores deram uma segurada”, explica o sócio Paulo Almeida. Ainda assim, o lugar permanece com uma das maiores ofertas — nacionais e internacionais — da cidade, para onde o GPS dos cervejeiros continua a apontar. O visitante, ao chegar, diverte-se escolhendo sua garrafa direto das geladeiras. Se preferir, pode passar no caixa, botá-la na sacola e bebê-la em casa. Até o fim do ano, o endereço vai aumentar a quantidade de chopes de 34 para 44, conservados em uma câmara fria debaixo do balcão.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Original

    Rua Graúna, 137, Moema

    Tel: (11) 5093 9486

    VejaSP
    5 avaliações

    Um dos grupos gastronômicos mais importantes do país, a Cia. Tradicional de Comércio abriu o primeiro negócio há exatos vinte anos em Moema. Nascia o Original, um bar que homenageia diversos endereços boêmios da capital e foi muito copiado por aí. É famoso pelo ótimo chopinho Brahma (R$7,90), tirado com os regulamentares três dedos de colarinho cremoso. Na hora de comer, peça o sanduba de pernil desfiado no pão macio de mandioquinha com cebola, pimentão, queijo provolone e um ovo de gema mole (R$ 32,00). Uma saladinha de repolho e um montão de batatas chips são os acompanhamentos.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Karavelle

    Alameda Lorena, 1784, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3044 7555

    VejaSP
    2 avaliações

    Como um bom brewpub, o bar exibe na matriz, no Jardim Paulista, os tanques usados na produção de cerveja. Parte dos fermentados, contudo, vem de uma fábrica em Indaiatuba (SP), a fim de suprir a demanda. Das seis variedades na pressão, a keller faz a linha das levinhas, enquanto a barba negra é uma stout típica, bem escura. Qualquer uma delas sai em copo de 300 ou 500 mililitros (R$ 13,90 e R$ 22,50, respectivamente). Mas nem só de goles vive o salão de luz baixa, música alta e um quê de baladinha. A cozinha expede gostosas pedidas, como o trio de petiscos composto de dadinho de tapioca, coxinha de ossobuco e croquete (R$ 33,90).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Zur Alten Mühle

    Rua Princesa Isabel, 102, Brooklin

    Tel: (11) 5044 4669

    VejaSP
    2 avaliações

    É o melhor bar germânico da cidade. Os móveis de madeira escura, os eficientes funcionários de muitos anos e a presença constante do sócio Werner Heying contam pontos. O chope da Brahma (R$ 7,70), muito bem tirado, ganhou novas companhias: o Stella Artois (R$ 9,10), o Colorado Appia (R$ 11,00) e o Weihenstephaner, de trigo (R$ 29,00). Para petiscar, peça os bem montados canapés de linguiça blumenau no pão preto (R$ 27,80) e o bolinho de carne e linguiça com recheio de queijos (R$ 25,80, seis unidades).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO