Beleza e bem-estar

Precisão preciosa

O barbeador com lâminas de safira promete durar vinte anos e chega a custar o equivalente a quinze Rolex

Por: Patricia Moterani - Atualizado em

barbeador Zafirro
Edição limitada a 99 unidades: cabo de irídio, um metal mais raro que a platina (US$ 100 000) (Foto: Divulgação)

Há cinco anos, Hayden Hamilton, um executivo de 35 anos, de Portland, no estado americano do Oregon, resolveu cortar o hábito de se barbear à maneira descartável. Conhecido por criar um software que impede o desperdício de papel nas impressoras, Hamilton decidiu desenvolver um barbeador “que durasse uma vida” — as lâminas de aço em corpo de plástico, predominantes num mercado de 15 bilhões de dólares, têm vida útil de um mês, no máximo. O resultado é o primeiro barbeador no mundo com lâminas de safira, lançado cerca de um ano atrás sob o nome Zafirro. “A pedra dura até 100 vezes mais, desliza facilmente, é ultra-afiada e hipoalergênica”, descreve Hamilton, CEO da marca. “É como comparar um DVD a um VHS.”

O segredo é a ponta da lâmina, de precisão atômica: 0,00002 milímetro, ou 5 000 vezes mais fina que um fio de bigode. Foi necessária uma equipe especializada em robótica, engenharia espacial e nanotecnologia para chegar a três modelos de metal. De titânio, o mais acessível custa 2 000 dólares. O de ouro, 18 000 dólares. O de irídio — destaque desta página —, metal mais raro que a platina e usado em motores de foguete, custa 100 000 dólares e tem garantia de vinte anos. A produção desse modelo é limitada a 99 unidades. Nenhum foi comercializado até agora. As vendas são só on-line, pelo site zafirro.com (entregam no Brasil). Resta saber que pai vai desembolsar o equivalente a quinze Rolex Oyster Perpetual de aço para passar um barbeador para o filho.

Fonte: VEJA SÃO PAULO