ABERTURA

Bar do Jiquitaia é inaugurado no Baixo Augusta

Nova casa prioriza a carta de coquetéis e os petiscos do chef Marcelo Corrêa Bastos

Por: Saulo Yassuda

Bar do Jiquitaia
Ambiente do Bar do Jiquitaia (Foto: Divulgação)

Cozinha brasileira de qualidade a bons preços fizeram a fama do Jiquitaia, restaurante aberto em 2012 no bairro da Consolação. Nesta quarta (25), o endereço passa a integrar também o time dos endereços boêmios da cidade. No piso superior do imóvel, é inaugurado o Bar do Jiquitaia, que funciona de terça a domingo entre 19h e 2h.

+ Os melhores bares japoneses da cidade

Trata-se de mais uma novidade na agitada região conhecida por Baixo Augusta, que acaba de ganhar o UP Cozinha & Bar.  Segundo os proprietários, a ideia de montar a casa é antiga. "A gente sempre quis ter um bar, e sentíamos falta de um lugar para comer bem e beber bem também", conta Carolina Corrêa Bastos, sócia do irmão e chef Marcelo Corrêa Bastos.

O salão não é dos maiores. Tem espaço para apenas vinte lugares, divididos entre o balcão com nove banquetas e uma mesa alta e coletiva para onze clientes. Responsável pela cozinha, Marcelo aposta no hambúrguer de porco (R$ 25,00). Integram o cardápio ainda pedidas simples como o bolinho de mandioquinha com taioba e queijo (R$ 14,00) e a canja de galinha (R$ 28,00).

A cargo do consultor Danilo Nakamura, a lista de drinques traz sugestões clássicas, entre elas o negroni (R$ 25,00). Das criações, podem ser provados o jerezana (vinho jerez fino e oloroso, vermute e xarope de chá com chocolate. R$ 29,00) e o detox (gim, limão e xarope de manjericão; R$ 25,00), entre outras sugestões.

As equilibradas caipirinhas preparadas por Carolina, um sucesso do restaurante, também circulam no bar. São preparadas com a aguardente Rainha Paraibana (50% de teor alcoólico), açúcar e limão ou caju (ou a mistura das duas frutas). Não mais que isso.

Fonte: VEJA SÃO PAULO