Segurança

Bandidos usam geolocalização do Pokémon Go para assaltar

Mais de onze pessoas foram roubadas enquanto "caçavam" Pikachus e outros monstrinhos da saga

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Pokemon Go
App Pokemon Go, de realidade aumentada: assaltos via geolocalização (Foto: Reprodução)

Aplicativo do momento, milhares de fãs e um problema a ser resolvido: a segurança. Bandidos armados fizeram emboscadas para assaltar usuários do app Pokémon Go na cidade de O'Fallon, no Missouri. A estratégia consiste em escolher locais com PokeStops, onde se consegue obter itens especiais do jogo. Os assaltantes ficavam nesses lugares sabendo que uma hora jogadores apareceriam. O roubo só é permitido pelo sistema de geolocalização do app.

+ Nintendo lança Pokémon Go para procurar monstrinhos na vida real

Segundo a polícia do Missouri, onze pessoas entre 16 e 18 anos foram lesadas. Quatro homens armados estavam em uma BMW aguardando "caçadores" de monstrinhos virtuais. No Brasil, o app deve ser lançado em dois meses. O jogo de realidade aumentada já está disponível nos Estados Unidos, Austrália, Alemanha e Inglaterra, onde as pessoas podem sair pelas ruas para capturar Pikachus e as outras centenas de animais mágicos que fazem parte da saga.

Fonte: VEJA SÃO PAULO