Números

Prefeitura divulga balanço geral da Virada Cultural

Administração confirma doze arrastões, duas mortes e dez feridos durante o evento

Por: Redação Veja São Paulo - Atualizado em

Virada Cultural - Estação da luz
Público na Estação da Luz indo para a Virada, na madrugada de domingo (19) (Foto: Mayra Maldjian)

Doze arrastões, mais de 450 toneladas de lixo e noventa mil pratos vendidos. Estes são alguns dos números da Virada Cultural 2013, divulgados pela Prefeitura de São Paulo nesta segunda-feira (20).

+ Prefeitura assume violência, mas descarta revista prévia em 2014

+ Confira como foi o primeiro dia de atrações

+ Veja como foi o segundo dia de apresentações

Considerado mais violento por parte do público, o evento deste ano teve doze arrastões confirmados pela administração. Duas pessoas morreram, um jovem baleado no rosto e outro com suspeita de overdose, e dez ficaram feridas. Destes, seis foram por facadas e quatro por arma de fogo. Dois ainda permanecem internados em estado grave - um jovem de 17 anos que foi baleado no tórax e um homem de 40 anos com suspeita de overdose.

O policiamento foi efetivo na apreensão de produtos ilegais. Mais de 15 500 produtos foram recolhidos, entre cervejas, refrigerantes e águas. Só de garrafas de vinhos foram 965 encontradas pelos agentes de segurança.

Sucesso entre o público, a atração Chefs na Rua, que funcionou a partir das 8h de domingo e que teve filas durante todo o dia, vendeu 90 mil pratos. O lixo recolhido também foi considerável: 459 400 toneladas.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO