Noite

Balada k-pop reúne talentos brasileiros do gênero

Segunda edição do K-Spot ocorre neste domingo (10), no Na Mata Café, com discotecagem e shows

Por: Mayra Maldjian - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Febre adolescente mundial, o k-pop -abreviação para pop coreano- é tema da balada K-Spot, que realiza sua segunda edição na cidade neste domingo (10), desta vez no Na Mata Café. Com início às 16h, a festa dura cinco horas e reúne alunos da JS Entretenimento, uma escola/estúdio paulistana de treinamento de k-pop, que ocupam o palco e os pick-ups numa celebração ao ritmo nascido na Coreia do Sul. 

Misto de canto e dança, o gênero condensa elementos da música eletrônica, do hip-hop e do r&b, e do rock. Entre seus representantes e expoentes estão o astro Psy e os grupos Seo Taiji & Boys, Suju - Super Junior, Big Bang e Se7en, entre outros. Impecável, o visual desses artistas é copiado por meninas e meninos de 15 a 20 anos de tudo que é canto do mundo. 

O encontro organizado pelo empresário Alex Lee, da JS Entretenimento, tem como proposta reunir os fãs de k-pop. “Os k-poppers não têm um espaço certo para se divertir, uma festa de qualidade para curtir. No fim de semana eles costumam ir para o Centro Cultural São Paulo, alguns vão para o Parque da Juventude”, explica o coreano de 35 anos, que mora aqui desde 1995. A festa é também mais um incentivo para os seus 11 trainees, que fazem 30 horas semanais de canto e dança. Alguns deles também encaram aulas de discotecagem. A produção musical dessa turma, segundo Lee, é autoral. Letras em português, coreografia própria. “A minha intenção é criar o b-pop”, anuncia.  

Programação:

16h DJ Storm

17h40 DJ Shi

18h30 Apresentações dos grupos

19h40 DJ Bella

21h Encerramento 

Na Mata Café. Rua da Mata, 70, Itaim Bibi, tel.: 3079-0300. Domingo (10), das 16h às 21h. R$ 25,00. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO