Noite

Sucesso no Rio de Janeiro, Bailinho acontece em São Paulo nesta sexta (25)

Organizada pelo ator Rodrigo Penna, festa é famosa por ter a presença de várias celebridades

Por: Alexandre Aragão - Atualizado em

Bailinho Marília Gabriela
A jornalista Marília Gabriela e Rodrigo Penna: Bailinho costuma receber celebridades (Foto: Paula Kossatz)

Balada favorita de nove entre dez celebridades, a festa carioca Bailinho vem mais uma vez a São Paulo nesta sexta (25). A badalação terá clima de Carnaval, com direito a estandarte feito pelo cenógrafo Sérgio Marimba — premiado neste ano por seu trabalho na escola de samba Mangueira e responsável pela decoração da noite. “O público do Bailinho é uma galera que curte ‘jogação’”, explica o ator Rodrigo Penna, responsável por organizar o rega-bofe. “O dia amanhece e a festa continua.”

Com edições mais simples em cidades como Brasília, Fortaleza e Florianópolis, a festa Bailinho agrada o público paulistano com toda a parafernália que é usada no Rio de Janeiro. Na primeira edição deste ano, a novidade é a volta ao maior lugar que já sediou a festa, a Casa das Caldeiras, capaz de receber até 1.200 convidados.

A data da balada foi escolhida ao acaso, mas Penna vê semelhanças entre o espírito da festa e a Rua 25 de Março. “Lá tem muito a ver com o conceito da Bailinho, uma coisa ‘faça você mesmo’." Os brindes que serão distribuídos não deixam mentir: caixinhas de fósforo, pirulitos, broches, tiaras e, claro, camisinhas.

Se você gostou da ideia, corra para garantir seu ingresso, porque não há previsão de uma segunda edição em São Paulo neste ano — nesta edição, homens e mulheres pagam o mesmo preço, 150 reais. “A gente tem o cuidado de deixar saudade.”

Fonte: VEJA SÃO PAULO