Mistérios da Cidade

Bailarinos posam para fotos representando os problemas da cidade

Para dar novas visões sobre São Paulo, companhia de arte organiza ensaios temáticos em pontos célebres da capital

Por: Mauricio Xavier [Com reportagem de Leonam Bernardo, Raphael Martins e Ricardo Rossetto] - Atualizado em

Mistérios - Baillistas
O ensaio Inércia mostra o descaso da população com o Rio Tietê (Foto: Laís Aranha)

Desde fevereiro de 2012, o coletivo de arte Baillistas produz belas fotografias com dançarinos em cenários célebres da capital. Em cada projeto, a iniciativa enfoca um aspecto da vida na metrópole.

O primeiro, sobre a intensidade de nosso cotidiano, foi realizado na Avenida Paulista e batizado de Ensaio sobre o Caos. Na sequência veio Inércia, que teve o Rio Tietê como tema. Em algumas das cenas, uma bailarina posou com uma máscara de oxigênio para ilustrar a situação melancólica do curso d’água (foto). O mais recente é Solidão, com imagens colhidas no ano passado na Vila Maria Zélia, complexo industrial abandonado na Zona Leste.

O próximo desafio do grupo é expor suas obras em Nova York. Para isso, ele está participando de um concurso, cujo resultado será divulgado na metade de abril. A trupe é formada pela fotógrafa Laís Aranha e pelos diretores de arte Piercarlo Pellegrino, Jorge Bascuñan e Debora Gepp. Os profissionais de dança são escolhidos por meio de audições abertas.

O resultado das sessões pode ser conferido em www.baillistas.com.

Fonte: VEJA SÃO PAULO