Restaurantes

Babette: apresentação primorosa e cardápio variado

A chef Eliane Carvalho resolveu seguir sua vocação e hoje tem restaurante nos Jardins

Por: Helena Galante - Atualizado em

2154 restaurantes abre
Risoto de codorna envolto em tiras de banana-da-terra: R$ 38,00 (Foto: Ligia Skowronski)

À época de escolher qual profissão a seguir, a mato-grossense Eliane Carvalho não via muito futuro na carreira de cozinheira. Preferiu cursar administração. Já formada e dona de quatro lojas de acessórios femininos, a então comerciante ouviu sua real vocação falar mais alto. Vendeu os negócios que tinha, fez as malas e foi estudar na escola de culinária Le Cordon Bleu, em Paris. Voltou para o Brasil em 2000 e abriu em sua cidade natal, Cuiabá, o Chez Babette. Eliane mudou-se para São Paulo em 2005, foi consultora gastronômica e, em maio do ano passado, inaugurou nos Jardins o Babette.

Suas receitas são variadas e têm apresentação primorosa. É o caso da leve entrada de tartar de atum (R$ 26,00). Servido sobre finas tiras de nabo, o peixe cru vem coberto por gelatina de legumes, sementes de romã e uma flor comestível. Cozido al dente, o risoto de codorna combina a ave marinada por doze horas no vinho branco com pinhole (R$ 38,00). Chega à mesa envolto em um anel de tiras de banana-da-terra, rodeado por pequenas porções de molho pesto e azeite de pimentão amarelo. De sobremesa, peça a torta de chocolate com calda de frutas vermelhas e noz caramelada (R$ 14,00). Entre as opções de vinho, o francês tinto Château Bel Air 2007 custa R$ 80,00.

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | SERVIÇO ✪✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO