OLIMPÍADA

Aviões da Marinha se chocam durante treinamento para Olimpíada

Piloto que conseguiu ejetar-se de uma das aeronaves, que caiu no mar, ainda está desaparecido

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Rio de Janeiro
Vista do Rio de Janeiro, palco da Olimpíada de 2016 (Foto: Reprodução/Flickr)

Um caça da Marinha do Brasil caiu no mar ao colidir com outra aeoronave durante um treinamento militar para os Jogos Olímpicos nesta terça (26), no Rio de Janeiro. O piloto conseguiu ejetar-se do aparelho, mas continua desaparecido. O outro avião, danificado, pousou na Base Aeronaval de São Pedro D'Aldeia. 

+ Canoas da equipe olímpica chinesa estão presas na Alfândega de Santos

O acidente aconteceu nesta tarde, a 25 milhas da costa na altura em Saquarema, região dos Lagos do Rio. O aparelho é um dos doze aviões AF-1 que foi modernizado pela Embraer.

caça-af-marinha
Um dos doze caças AF-1 modernizados pela Embraer à pedido da Marinha (Foto: Reprodução)

Em nota, a Força Aérea da Marinha lamentou o ocorrido: "A Marinha deu início às buscas pelo piloto e está prestando todo o apoio necessário à família do militar. O acidente aconteceu quando a aeronave retornava de exercícios operativos e suas circunstâncias estão sendo apuradas."

A operação de busca e salvamento envolve cinco helicópteros e dois navios - um deles a fragata Liberal. Um inquérito foi aberto para apurar as causas do acidente.

(com informações de Estadão Conteúdo)

Fonte: VEJA SÃO PAULO