Passeio

Avenida Paulista terá piquenique e piscina em caçamba

As atividades serão montadas por toda a via no domingo (22) para comemorar o Dia Mundial Sem Carro

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Se a paulista fosse minha
O Se a Paulista fosse minha... ocupa a avenida no Dia Mundial Sem Carro (Foto: Divulgação / Mobiliza SP)

Neste domingo (22) a Avenida Paulista se transforma em um verdadeiro parque a céu aberto em comemoração ao Dia Mundial Sem Carro. Chamada de Se a Paulista Fosse Minha.... a atração é idealizada por diversos coletivos da cidade como o Mobiliza SP, Matilha Cultural, Baixo Centro, e terá atrações gratuitas na via a partir das 10h.

Todas as atividades serão organizadas pelos próprios grupos com a ajuda do público e ocorrem nas ruas do entorno do Masp. Ao longo do dia, passam por lá apresentações de música ao vivo e dança, além de ações como troca de livros, projeções e um xadrez gigante.

Uma caçamba de lixo se transformará em piscina de bolinhas. Haverá ainda uma quadra de basquete improvisada e um espaço para colocar os cães para malhar, os chamados agilitys. Uma passarela do lado de trás do Masp será ocupada com atrações para a garotada, como oficina de pintura, parque de diversão, entre outras atrações.

Quem estiver por lá pode aproveitar para curtir um piquenique comunitário, que ocorre ao longo do dia. A organização distribuirá oitenta toalhinhas, além de mesas e cadeiras de papelão - que suportam até 120 quilos - para que os frequentadores levem seus pratos e façam um evento colaborativo.

experimenta sp
O Se a Paulista fosse minha... ocupa a avenida no Dia Mundial Sem Carro (Foto: Divulgação / Mobiliza SP)

Durante o dia, os artistas de rua que já se apresentam normalmente na Avenida Paulista e em suas imediações se encarregam de animar o público. Além disso, um palco chamado de Tsunami recebe uma programação que vai das 10h às 19h, com dez bandas de rock.

Os esportistas que frequentam a via podem aproveitar as aulas e apresentações de slackline durante todo o dia. As cordas serão instaladas nos postes. A ideia é fazer com que as pessoas se conscientizem e vejam que é possível transformar um espaço público em uma área de convívio e lazer.

A página oficial no Facebook reunia mais de 2 000 pessoas confirmadas até a tarde desta quinta-feira (19) e os organizadores pretendem fechar a pista sentido Consolação para montarem as atividades. Apenas ônibus devem circular neste domingo, mediante um desvio que ainda será divulgado pela CET.

Fonte: VEJA SÃO PAULO