Eleição

Ferramentas ajudam a avaliar candidatos a cargos legislativos

Ainda não sabe em que votar para deputado federal e estadual? Confira o desempenho de parlamentares que estão nesta corrida eleitoral

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Brasília - Eleições - Câmara dos Deputados_2182
Congresso Nacional: São Paulo elege 70 deputados federais (Foto: Julia Waterlow/Corbis)

Neste domingo (5), os eleitores terão de escolher seus representantes para cinco cargos públicos: deputado estadual, deputado federal, senador, governador e presidente. É comum ter na ponta da língua os preferidos para Presidência, governo do estado e Senado, mas há muita gente que não definiu o voto para os parlamentares da Câmara e da Assembleia.

No total, os eleitores paulistas vão escolher 70 representantes na Câmara dos Deputados, 94 para a Assembleia Legislativa e um para o Senado. Alguns institutos, como o Diap, o Transparência Brasil, o Atlas Político e o Movimento do Voto Consciente, avaliam o desempenho dos congressistas e podem ajudar na hora de definir o voto. 

Na análise feita pelo Diap (órgão composto por sindicatos de assessoria parlamentar), Antônio Carlos Mendes Thame (PSDB) aparece em primeiro lugar entre os deputados federais de São Paulo mais influentes. Na sequência vêm Arlindo Chinaglia (PT), Arnaldo Faria de Sá (PTB), Arnaldo Jardim (PPS) e Candido Vaccarezza (PT). Todos são candidatos à reeleição.

O deputado federalTiririca durante sessão para eleger o novo presidente da Câmar
Frequência: Tiririca foi o deputado mais assíduo da última legislatura (Foto: Divulgação)

Os mais assíduos no plenário, de acordo com a Câmara dos Deputados, são: Tiririca, do PR, com 100% de presença, Alexandre Leite, do DEM, com 99,4%, Salvador Zimbaldi, do Pros, com 98,9%, Helcio Silva, do PT, com 98,4%, e Edinho Araújo, do PMDB, com 98%.

Frequência e influência não são os únicos parâmetros para avaliar os parlamentares. A produtividade é outro critério. O Atlas Político, iniciativa de doutorandos da Universidade Harvard, analisa cinco critérios para identificar os mais produtivos. O índice, de 0 a 1, leva em consideração, entre outros pontos, leis e emendas constitucionais. Quanto mais próximo de 1, mais proposições. Os cinco paulistas mais produtivos na Câmara dos Deputados, com nota 1, são: Roberto de Lucena (PV), Antônio Carlos Mendes Thame (PSDB), Arnaldo Faria de Sá (PTB), Dr. Ubiali (PSB) e Ricardo Izar (PSD).

O Movimento do Voto Consciente, que também avalia o desempenho dos deputados estaduais, publicou comunicado em seu site informando que a avaliação da última legislatura não havia sido concluída. Por outro lado, a mesma entidade também analisa os vereadores de São Paulo. Dos 55 parlamentares da Câmara Municipal, dezessete estão nesta corrida eleitoral. Entre eles, os que tiveram as melhores avaliações são: Floriano Pesaro (PSDB), que concorre à Câmara dos Deputados, José Police Neto (PSD), que tenta vaga na Assembleia, Conte Lopes (PTB), que busca cadeira na Câmara, Gilberto Natalini (PV), candidato ao governo de São Paulo, e Marquito (PTB), que pretende tornar-se deputado estadual.

Confira o desempenho dos parlamentares que concorrem nesta eleição:

OS PAULISTAS MAIS INFLUENTES NA CÂMARA (segundo o Diap)

Antônio Carlos Mendes Thame (PSDB)

Arlindo Chinaglia (PT)

Arnaldo Faria de Sá (PTB)

Arnaldo Jardim (PPS)

Candido Vaccarezza (PT)

Carlos Sampaio (PSDB)

Carlos Zarattini (PT)

Duarte Nogueira (PSDB)

Guilherme Campos (PSB)

Ivan Valente (PSOL)

 

OS PAULISTAS COM MAIS FREQUÊNCIA NO PLENÁRIO DA CÂMARA

Tiririca (PR) – 100%

Alexandre Leite (DEM) – 99,4%

Salvador Zimbaldi (Pros) – 98,9%

Helcio Silva (PT) – 98,4%

Edinho Araújo (PMDB) – 98%

Antônio Bulhões (PRB) – 96,9%

Ivan Valente (PSOL) – 96,6%

Guilherme Campos (PSD) – 96,5%

Luiza Erundina (PSB) – 94,9%

Maria Lúcia Prandi (PT) – 94,4%

 

OS VEREADORES CANDIDATOS MAIS BEM AVALIADOS (Movimento do Voto Consciente)*

Floriano Pesaro (PSDB)

José Police Neto (PSD)

Conte Lopes (PTB)

Gilberto Natalini (PV)

Marquito (PTB)

Goulart (PSD)

Coronel Telhada (PSDB)

Laercio Benko (PHS)

Gilson Barreto (PSDB)

Marco Aurelio Cunha (PSD)

Roberto Tripoli (PV)

Paulo Frange (PTB)

Marta Costa (PSD)

Eliseu Gabriel (PSB)

Coronel Camilo (PSD)

Senival Moura (PT)

Netinho de Paula (PCdoB) 

* Avalia presença em comissões, presença em plenário, transparência, presença em audiências, fiscalização do Executivo, resposta ao eleitor, fidelidade às propostas, posição em temas importantes, avaliação de projetos

Fonte: VEJA SÃO PAULO