Polícia

Autor de cotovelada é condenado a cinco anos de reclusão

Julgamento aconteceu no Fórum de São Roque nesta terça (18); mulher foi agredida em agosto de 2014

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Fernanda Cézar, que levou uma cotovelada
Fernanda Santiago foi agredida em agosto de 2014 (Foto: Robson Ventura/Folhapress)

Após dez horas de julgamento, o comerciante Anderson Lúcio de Oliveira foi condenado na noite desta terça (18) a cinco anos de reclusão em regime semiaberto por ter dado uma cotovelada na auxiliar de produção Fernanda Regina Cézar. O caso aconteceu em agosto de 2014.

O julgamento ocorreu no Fórum de São Roque, no interior de São Paulo. O júri acatou a tese da defesa que alegou lesão corporal. Como Oliveira ficou preso preventivamente desde agosto de 2014, a defesa agora pretende pedir para que ele cumpra a pena em liberdade.

Caso

O caso foi registrado por uma câmera de segurança. Fernanda foi agredida quando estava com um grupo de amigos em São Roque. Na gravação, é possível ver que ela gesticulava contra o agressor. Depois do golpe, Fernanda caiu no chão, bateu a cabeça e ficou desacordada. Ela foi socorrida por pessoas que estavam próximas, que acionaram o Corpo de Bombeiros. Oliveira ficou o tempo todo no local e aparece nas imagens bebendo cerveja.

+ Mulher diz que levou cotovelada por causa de briga com vizinha

Fernanda foi encaminhada para Hospital Regional de Sorocaba. Ela sofreu traumatismo craniano e passou 16 dias no hospital - a maior parte deles na UTI.

Fonte: VEJA SÃO PAULO