Transporte

Bilhete Único Mensal é opção para fugir de reajuste de tarifa

Passagem de ônibus, trem e metrô sobe de 3 para 3,50 reais. Preço do cartão mensal não terá aumento

Por: Veja São Paulo

paralisacaoonibus2
Bilhete Único Mensal será alternativa mais barata para usuários (Foto: Juliana Deodoro/VEJA SÃO PAULO)

A partir desta terça-feira (6), o valor da passagem de ônibus, metrô e trem sobe de 3 reais para 3,50 reais em São Paulo. O aumento também valerá para a integração entre os sistemas, que passará de 4,65 reais para 5,45 reais. Para os usuários que usam o Bilhete Único Mensal, no entanto, a tarifa permanecerá em 3 reais. 

Prometido durante a campanha do prefeito Fernando Haddad (PT), o Bilhete Único Mensal teve pouca adesão, embora permita que o usuário faça quantas viagens desejar. Quem usa o cartão exclusivamente para os ônibus desembolsa 140 reais por mês. O usuário que faz a integração com o metrô ou trem gasta 230 reais por mês. Com o reajuste nas tarifas, a opção pelo bilhete mensal torna-se vantajosa. Contando-se uma média de 22 dias úteis por mês, com a nova tarifa, o usuário teria de pagar 154 reais e 239,80 respectivamente.

Corrida de táxi na capital será mais cara em 2015

Para contrabalancear a alta no valor da passagem, a prefeitura de São Paulo anunciou que estudantes de escolas públicas ou de baixa renda terão passe livre na rede de ônibus. Cerca de 505 000 estudantes serão beneficiados com a gratuidade no sistema, válida para 48 viagens por mês. De acordo com a prefeitura, o passe livre será regulamentado em 15 dias e poderá ser usado no inicio do semestre letivo, em fevereiro.

Apesar dessa medida, o Movimento Passe Livre já marcou dois eventos contra o aumento da tarifa. Nesta segunda-feira (5), haverá uma aula pública a partir das 17 horas na frente da prefeitura, no Vale do Anhangabaú. Na sexta (9), o movimento marcou um primeiro ato, a partir das 17h no Teatro Municipal. Até esta segunda, 27 000 pessoas haviam confirmado presença no evento no Facebook. 

+ As piores linhas de ônibus da capital na avaliação dos usuários

Em junho de 2013, o anúncio do aumento de 0,20 centavos no valor da tarifa desencadeou uma série de protestos na cidade. O descontentamento ganhou contornos políticos e se expandiu para várias cidades do país. Os atos foram amplificados com as críticas aos gastos para a realização da Copa do Mundo no Brasil. 

Como fica a tarifa

Ônibus municipais: tarifa passa de 3 reais para 3,50 reais

Trem e Metrô: tarifa sobe de 3 reais para 3,50 reais

Integração: Aumenta de 4,65 reais para 5,45 reais

Alunos de escolas públicas ou baixa renda: redução dos 50% do valor da tarifa para isenção total

Bilhete Único Mensal: permanece em 140 (somente ônibus) e 230 (integração)

Fonte: VEJA SÃO PAULO