Transporte

Pedágios estão mais caros nas rodovias Anchieta, Imigrantes e Castello Branco

Autorizado pela Justiça, o segundo reajuste do ano começou a vigorar nesta quarta-feira (13)

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM

Pela segunda vez este ano, os pedágios do Sistema Anchieta-Imigrantes e da Rodovia Castello Branco estão mais caros. O aumento que começa a vigorar a partir desta quarta-feira (13) foi autorizado pela Justiça tendo como base de cálculo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

+ Pedágios da Dutra ficam mais caros

+ Pedágios no Sistema Anhanguera-Bandeirantes sobem

No dia 1º de julho o valor já havia sido reajustado, seguindo o índice estabelecido pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp). Entretanto, as concessionárias recorreram à Justiça, alegando que o preço estava abaixo do previsto em contrato.

Confira os novos valores:

Sistema Anchieta/Imigrantes

Piratininga (quilômetro 32 da Imigrantes) - 22,40 reais

Santos – (quilômetro 250 da Cônego D. Ranogni) - 10,40 reais

São Vicente – (quilômetro 280 da Padre Manoel da Nóbrega) - 6,20 reais

Diadema (bloqueio) - 1,60 reais

Eldorado (bloqueio) - 3,20 reais

Batistini (bloqueio) - 5,20 reais

Rodovia Castello Branco

Osasco (quilômetro 18) - 3,60 reais

Barueri (quilômetro 20) - R$ 3,60 reais

Itapevi (quilômetro 33) - R$ 7,20 reais

Itu (quilômetro 74) – 9,60 reais (sem alteração)

Sorocaba (quilômetro 12,5) – 5,40 reais (sem alteração)

São Roque (quilômetro 46) – 7,60 (sem alteração)

Alumínio (quilômetro 79) – 7 reais (sem alteração)

Araçoiaba da Serra (quilômetro 111) – 3,20 reais (sem alteração)

+ Confira o que acontece agora na cidade

Fonte: VEJA SÃO PAULO