Teatro

Dramaturgo August Strindberg é relembrado em mostra no Sesc

Espetáculos, exposição, debates e leituras dramáticas fazem parte das comemorações do centenário de morte do artista sueco

Por: Redação VEJINHA.COM - Atualizado em

Strindbergman - Mostra Strindberg
'Strindbergman': adaptação do filme 'Persona', de Ingmar Bergman, e da peça 'A Mais Forte' (Foto: Ligia Jardim)

Um dos maiores nomes do teatro moderno, o dramaturgo sueco August Strindberg (1849-1912) ganha uma mostra a partir desta terça (18) nas unidades do Sesc  Belenzinho, Bom Retiro, Ipiranga e Santo Amaro.

+ Otávio Martins estreia o monólogo dramático “Córtex” + As melhores peças em cartaz

+ Confira a programação de debates sobre August Strindberg

O discurso da crueldade psicológica, presente em várias obras do autor, será retratado em espetáculos teatrais, exposição, leituras dramáticas, exibição de vídeos e debates com mediação da atriz e diretora Denise Weinberg, protagonista da elogiada peça “Isso É o que Ela Pensa”, que reestreia nesta quinta (20) na cidade.

Como parte da mostra, as peças “Credores”, do Grupo Tapa, “Brincando com Fogo”, de Nelson Baskerville, e “Strindbergman”, de Marie Duplex, voltam aos palcos. 

August Strindberg
August Strindberg: crueldade psicológica e infernos familiares permearam sua obra (Foto: Divulgação)

Entre as encenações inéditas estão as montagens “A Mais Forte”, com direção de Eduardo Tolentino; “O Livro da Grande Desordem e da Infinita Coerência”, de Andre Guerreiro, inspirada em fragmentos de “O Sonho” e “Inferno”; e “A Noite das Tríbades”, de Per Olov Enquist, encenada pelo Grupo Tapa, em que Strindberg vira um personagem e tenta ensaiar um peça com sua mulher.

Entre seus fãs famosos, o dramaturgo teve como grande admirador o cineasta sueco Ingmar Bergman, que se inspirou em obras do conterrâneo para filmar “Morangos Silvestres” e “Persona”. Pela primeira vez no Brasil, essa admiração poderá ser vista na peça filmada “O Sonho” (1963), com Ingrid Thulin, no dia 26 de setembro, às 17h30, no Sesc Bom Retiro. No mesmo local, o vídeo “Senhorita Julia”, do diretor teatral alemão Thomas Ostermeier, será exibido nos dias 27 e 28, às 18h. Ambos terão entrada gratuita.

Para completar a mostra, uma exposição do cenógrafo paulistano Julio Dojcsar estará em cartaz a partir de sábado (29), no Sesc Santo Amaro. Textos dispostos em oito escrivaninhas contarão as diversas fases de Strindberg, além de trazerem imagens do artista.

Fonte: VEJA SÃO PAULO