Cinema

Quatro atores experientes em cartaz

Confira os longas que têm participação de atores com mais de 50 anos em boas interpretações

Por: Redação Veja São Paulo

Jackie
Holly Hunter em "Jackie" (Foto: Divulgação)

✪✪✪ Jackie (Holly Hunter)

Na pele da misteriosa mãe biológica de gêmeas holandesas, Holly Hunter, de 56 anos, que estava sem filmar desde 2005, dá mais uma prova de talento — ela ganhou o Oscar de melhor atriz, em 1994, por O Piano. O drama com pitadas de humor segue no Frei Caneca 6, Market Place 7 e Villa-Lobos 2.

Noé
Russell Crowe atua em Noé (Foto: Divulgação)

✪✪✪ Noé (Russell Crowe)

O drama bíblico vem dividindo opiniões, mas há algo inquestionável: depois de alguns papéis medianos, o neozelandês Russell Crowe, de 50 anos, voltou à boa forma e tem uma inspirada atuação como o personagem-título. O longa-metragem mantém-se em 38 salas.

O Palácio Francês
Thierry Lhermitte atua em 'O Palácio Francês' (Foto: Divulgação)

✪✪ O Palácio Francês (Thierry Lhermitte)

Aos 61 anos, o francês charmosão de olhos azuis encontrou um dos melhores personagens de sua extensa carreira, iniciada na década de 70. O ator vive o ministro das Relações Exteriores da França na comédia que pode ser vista no Espaço Itaú 1 e no Reserva Cultural 3.

O Grande Mestre
Tony Leung, 51 anos (Foto: Divulgação)

✪✪✪ O Grande Mestre (Tony Leung)

Nascido em Hong Kong, o ator de 51 anos é o preferido do diretor Wong Kar Wai, com quem fez Felizes Juntos (1997) e Amor à Flor da Pele (2000). Eles se uniram novamente neste belo épico de artes marciais, inspirado na vida do mentor de Bruce Lee. Cartaz do Espaço Itaú 5.

Fonte: VEJA SÃO PAULO