Manifestação

Mais um ato contra o governo deve ocupar a Avenida Paulista em abril

O evento marcado para o dia 12 tem pelo menos 140 000 confirmações nas redes sociais

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Manifestação contra Dilma - 15 de março
A manifestação de 15 de março na Avenida Paulista (Foto: Mario Rodrigues)

Depois do ato na Avenida Paulista em 15 de marçoque reuniu 210 000 pessoas de acordo com o Datafolha e 1 milhão segundo a Polícia Militar, integrantes de movimentos que organizaram o protesto contra a corrupção e a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff se articulam agora para uma nova manifestação, agendada para 12 de abril na própria Avenida Paulista.

+ Wanessa canta hino na manifestação da Paulista e internet não perdoa

Não há, novamente, um só líder. O evento marcado pelo Movimento Brasil Livre (MBL) no Facebook conta com 82 000 confirmados, enquanto outro ato, sem organizadores específicos, acumula 38 000 confirmações. O encontro do grupo Vem Pra Rua Brasil nas redes sociais indica mais de 23 000 interessados em participar da passeata.

Segundo Renan Santos, porta-voz do MBL, logo após o fim do protesto de 15 de março, o coletivo já lançou a data para o próximo encontro, que deve exibir o mesmo estilo do anterior, com faixas e carros de som. "É preciso ter em mente que essa é uma continuação do dia 15", afirma. "Não seguiremos a linha de partido nenhum e não queremos tranformar nosso ato em uma micareta."

+ As nove notícias que mais repercutiram no ato contra Dilma

Para divulgar a manifestação, a estratégia do MBL inclui envio de mensagens via WhatsApp, panfletagem e panelaços. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO