Mistérios da Cidade

O destino das árvores que caem na cidade

De dezembro do ano passado e março deste ano, foram 688 ocorrências registradas pelos bombeiros

Por: Maurício Xavier [com reportagem de Arnaldo Lorençato, Carol Giovanelli e Flora Monteiro]

Mistérios da Cidade 2265 árvores
Aumento nas quedas: um carro atingido na última quarta, 11, nas Perdizes (Foto: Nelson Antoine/FotoArena)

De dezembro de 2010 a junho de 2011, o Corpo de Bombeiros registrou 680 quedas de árvore na capital. Esse número já foi superado entre dezembro de 2011 e março deste ano, com 688 ocorrências. A madeira recolhida tem dois destinos possíveis: lixo e adubagem.

+ Árvores centenárias em São Paulo

+ Prefeitura declara guerra a árvores invasoras

+ Quais são e onde estão as árvores mais presentes na paisagem paulistana

Na Subprefeitura de Pinheiros, por exemplo, os galhos com até 10 centímetros de espessura são triturados e parte do resíduo é utilizada para compostagem. O restante, juntamente com os troncos de diâmetro maior, é encaminhado a aterros sanitários.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO