Cidade

Árvore de Natal de São Paulo é inaugurada

Evento na noite deste sábado (13) contou com queima de fogos e a apresentação do cantor Toquinho

Por: Tatiana Izquierdo - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Ao som de Happy Xmas, de John Lennon, e outras músicas natalinas, a árvore de Natal de São Paulo foi oficialmente inaugurada às 20h30 deste sábado (13). Sem chuva durante o fim de tarde e início de noite, os paulistanos que compareceram na Praça Escoteiro Aldo Chioratto, em frente ao Parque do Ibirapuera, puderam assistir à queima de fogos inaugural e também o show do cantor Toquinho.

+ Mais de 200 presentes variados para o Natal

A mãe de Amanda de Souza, de 3 anos, não resistiu ao pedido da filha. "Passamos de tarde por aqui e ela ficou encantada com a árvore e me pediu para voltar. Ela perdeu o medo do Papai Noel este ano também. Temos de deixar as crianças se divertirem e sonharem com estes momentos mágicos. A árvore é linda, mas de noite ela ganha um brilho ainda maior."

arvore-natal (11)
Cláudio de Castro com os gêmeos Giovanni e Fabrício (Foto: Tatiana Izquierdo)

Com os gêmeos Giovanni e Fabrício de Castro, de 4 anos, Cláudio de Castro conta que a árvore representa o amor e a esperança que ele espera para os filhos. "Sou pai e mãe deles. Então, não posso deixar de trazer os meninos aqui. Eles adoram. Não tem preço ver eles felizes." As crianças estavam encantadas com a decoração da árvore e dos brinquedos ao redor. "Vim ver o Papai Noel", falava Giovanni.

+ Trinta opções para fazer a ceia natalina fora de casa

A árvore de São Paulo tem 54 metros de altura e 30 metros de diâmetro, equivalente a um prédio de vinte andares. A decoração conta com sessenta bolas coloridas, vinte estrelas cadentes de até 2 metros com lâmpadas e cerca de quarenta laços vermelhos. Completam a decoração uma estrela de 8 metros na ponta, cerca de 200 enfeites e iluminação especial de 300 refletores de LED, com variações de cores. As luzes funcionam diariamente das 20h às 5h.

Fonte: VEJA SÃO PAULO