Exposições

Maior galeria de arte digital da América Latina toma a Avenida Paulista

Projeções na fachado do prédio da Fiesp imitam um dia ensolarado e as gotas de uma tempestade

Por: VEJINHA.COM - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Em comemoração ao ano da Alemanha no Brasil, a Avenida Paulista abriga até 9 de junho a maior galeria de arte digital a céu aberto da América Latina. Imagens de ambos os países são veiculadas em uma plataforma de LED – de 3 700 metros quadrados e 26 241 clusters –  na parte externa do prédio da Fiesp. 

Participam da exposição Brasil-Alemanha: Culturas Conectadas o laboratório de arte, tecnologia e arquitetura nacional SuperUber e Rachel Rosalen. Do lado europeu, estão o coletivo Mader Stublic Wiermann e a dupla VJsPfadfinderei e The Constitute. Já a curadoria ficou a cargo da brasileira Marilia Pasculi, da VerveCultural, e da alemã Susa Pop, do Public Art Lab.

Cada artista ou grupo pretende transformar o espaço em um local de interação. A instalação Shadows, da SuperUber, por exemplo, criará um cenário ensolarado sobre o qual as silhuetas dos pedestres vai desenhar sombras. Pfadfinderei e TheConstitute, por sua vez,  fará chover gotas eletrônicas na cabeça de quem passar pela avenida, em uma verdadeira tempestade de pixels.

O edifício também se transformará em uma escultura viva, pelas mãos de Rachel Rosalen e do coletivo Mader Stublic Wiermann. Projeções irão desconstruir a simetria da construção, alterando a percepção da fachada. Além disso, uma trilha sonora de músicos de ambas as nacionalidades ficará disponível ininterruptamente por meio de um aplicativo. Para baixá-lo, clique aqui.

As intervenções podem ser vistas todos os dias, das 20h às 6h.

Fonte: VEJA SÃO PAULO